de volta. não sou mais a mesma.



























































 


Gente do Bem

universo corpo
Giulieta
hakuna matata!
estrelinha
flying
seeing
fotogarrafa

poetisas




...


















Female. Lives in Brazil/São Paulo/Pompéia, speaks Portuguese and English. And likes Literatura.
This is my blogchalk:
Brazil, São Paulo, Pompéia, Portuguese, English, Female, Literatura.














comunique-se com o planetinha






























Sem passado
<< current

































Reviravolta
 
quarta-feira, junho 18  
tsc, tsc.















11:43 AM


terça-feira, junho 3  
Adentrei definitivamente o campo de batalha.

Eu quero (e dá-lhe suar a camisa):

um emprego,
um livro,
uma namorada,
uma festa dentro e fora de mim.

3:37 PM


sexta-feira, maio 30  
se eu fosse você

se eu fosse você, levantaria mais cedo.
pra olhar a cidade vazia,
e conversar com os ventos.

se eu fosse você, me vestia mais colorida
pra passear por aí,
e contagiar as almas cinzas.

se eu fosse você, escrevia ainda mais
pra clarear as idéias,
e causar sentimentos na gente fria.

se fosse você, parava de marcar bobeira.
pra encostar a cabeça no meu ombro,
fazer amor,
entender pensamentos alheios,
dar risada,
cuidar das crianças,
fazer planos de viajar.

se eu fosse você, talvez não ficasse tentando entender, porque é que eu gosto tanto de você.



5:41 PM


 
se eu fosse você, me apaixonava por mim. a gente seria muito feliz, sabia?
5:20 PM


segunda-feira, maio 26  
você tb é um pedação do meu rabão.
7:35 PM


domingo, maio 25  
devagarzinho vou me acostumando. fazendo tantas coisas que eu me lembrava gostar de fazer pela primeira vez este ano.
irmã, skol, dani, pça, noite azul cinzenta, jô, rô, mi e veridiana, ró, amauri, ana, mamá (ainda sem muita esperança), mais pça, gente estranha, mais dani, sushi, ônibus, mais hospital.
Sampa continua a mesma.
mas desempregada, sem estudo e com dois corações pendurados, o tempo passa um pouco mais devagar e fica ainda mais fácil acreditar que a beleza pode salvar o mundo.

uma parte maravilhosa de viajar, é a volta.

10:59 AM


quinta-feira, maio 22  
cheguei.
11:41 PM


terça-feira, maio 20  
esse é o ultimo post na italia.
e palavras nao podem dizer nada.

uso as ultimas horas na cidadezinha medieval, dançando, desenhando.
conto pessoalmente na sexta!

11:03 AM


 
uns veem, outros vao.
as crianças vieram depois de mim.
os velhos, antes.
mais ou menos, as coisas tem uma ordem.

Muita luz e paz no teu caminho. Nunca me esquecerei, nem da sopeira, nem que papai noel e coelhinho da pascoa nao existem. Eu adorava levar café na cama pra voce, vovo'!
E continuo a minha vida, atravessando sempre na faixa, e andando com meu anjo da guarda.
muito amor da sua netinha.

11:00 AM


segunda-feira, maio 19  
sabe o que é maravilhoso?
poder escrever um email, convidadando alguem pra jantar.
e saber que pelo menos eu e os peixes estarao la'.

voce vem? è so' um convite, mas é de coraçao.

9:37 AM


terça-feira, maio 13  
hoje, poucas horas atras, fiz uma coisa que queria fazer desde a primeira noite.
me deitei no chao, e fiquei olhando as estrelas. aqui sao muito mais e mais brilhantes.

deixei a cabeça esvaziar. e me peguei pensando nos meus medos. estranhos.
depois, em tudo que eu acredito.

sintetizei. quem eu era, quem me tornei.
gostei do que percebi. acima de qualquer virtude adquirida, continuo humana, cheia de defeitos, vicios e bobagens.
a mudança que vale.

experimente. vanglorie e despreze.
com equilibrio.

7:18 PM


segunda-feira, maio 12  

1:53 PM


domingo, maio 11  
Contagem regressiva agora, hein!
10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1. E uma quinta-feira especial.

2:55 PM


quinta-feira, maio 8  
Dia 22 de dezembro, minha vida começava a mudar. Como em varios momentos. Mas seria mais do que em tantos outros momentos. Eu nao tinha idéia de como.
Dia 21 de maio, termino e recomeço. O velho cliche de que a vida é feita de ciclos.
Daqui a pouco terei de volta um teclado com acentos, skol, banhos longos, comida japonesa.
Itens cotidianos que aprendi a viver sem, porque realmente nao fazem falta.
E se volto, é justamente por aquilo que nao posso abdicar. Nao sao muitos. Cabem todos no quintal la' de casa.

Gente. Que me conhece, que gosta de mim assim. Atenciosa, chata, carinhosa, estupida. Assim, amigos. Poucos, mas intensos e verdadeiros.
Cabeças, maos, orelhas e sorrisos que nenhum lugar maravilhoso sem eles pode ser bom pra mim por muito tempo. E faz tempo que passou tempo demais.

Agora é rezar. Pra nao perder a hora, pra nada sair dos trilhos, nada cair.
E pra nao dizer que nao disse tudo que estou pensando: um medo do caralho.

A leoa corajosa se torna uma gatinha indefesa.
Mentalizem pra que de tudo certo, ta?
Agora tenho um frio na nuca, que me acompanhara' até abraçar minha irmazinha.
Depois pode acontecer tudo. Depois. Tudo.

1:56 PM


 
Mudaram as estaçoes. Nada mudou. Mas eu sei que alguma coisa aconteceu, ta tudo assim tao diferente...
Por enquanto. Musica de pirralho que ilustra muito bem como sao as coisas gente nem tao pequena assim.

1:29 PM


sexta-feira, maio 2  
Arrivo, Venezia!!!!! Da solla, come me piace.
9:48 AM


quarta-feira, abril 30  
Mingau de aveia. Banana recheada.
Primeiros passos. Dormi e acordei concentrada.

2:41 AM


terça-feira, abril 29  
Yupiiiiiiii!!!!!!! é menina!

Parabéns, meus queridos. Podem ir preparando um lugar bem grande para os presentes. Fora o amor, que nao vai caber em lugar nenhum.
Daqui a pouco ponho a mao na sua barriga, ta, docinho?
menos peixinhos no mar do que os beijinhos que darei em voces tres.

10:41 AM


 
A cabloca me deu uma dica para encontrar o que perdi.
A mesma cabloca ja tinha me dito como PODE seguir meu caminho. Depende de mim.

Quero partir com essa deliciosa sensaçao, de que apesar do mal dos brasileiros (saudade!), poderia viver aqui até o fim dos meus dias, feliz. E que volto. Daqui a pouco.

3:52 AM


terça-feira, abril 22  
E plagiando minha prima:

nao sei qual, mas alguma razao ha de ter.

10:16 AM


 
Tem gente que ama a agua.
Tem gente que ama o céu.
Tem gente que ama as montanhas.

Espertas sao essas pessoas. Em qualquer lugar, perto de seus amores.

10:15 AM


domingo, abril 20  
alo? varig?
é, sou eu de novo...
na janela, ta?
nao, em cima da asa, nao.
ta, ta otimo.
obrigado, viu?


4:30 PM


 
o time das bruxas dificilmente estara completo tao cedo.
as montanhas esperam.
as velas sempre acesas.
pedimos, agradecemos, aprendemos.
sinais? a todo momento.
mensagens? sempre.

bobo é quem acha que tem controle: eles adoram brincar com isso...


4:27 PM


 
infancia. adolescencia. um tempo que nao existe. hora de fazer bem feito.

as épocas se misturam.

4:23 PM


terça-feira, abril 15  
A um certo ponto o ser humano pode surtar. A exemplo as pessoas que nao tem casa, nem familia, nem emprego. Os populares "mendigos", que constroem uma realidade paralela, so' deles. E depois, passam a serem chamados de loucos. E sao mesmo. A questao é: surtam porque lhes é a unica saida.
Nao sou mendigo, longe disso. Mas sinto-me sofrendo um processo parecido. Ter tudo do outro lado do oceano, é temporariamente nao ter.

Qual sera' minha saida?
E o medo de pegar o aviao amanha, e me arrepender porque era somente uma semana cinza?

10:15 AM


segunda-feira, abril 14  
Eu acredito em psicossomatica. Estou cheia de sintomas. E como o sabio me ensinou, vou escutar o que meu corpo fala.
Os joelhos estalam demais, os tornozelos nem digo, o pulso esta inflamado, a sinuzite nao me deixa, o ombro direito reclama, e semana passada, depois de anos, a coluna começou a se manifestar.

Interpretaçao simples: esta ficando pesado demais. Nao quero testar ainda mais meus limites.

9:09 AM


 
Agradeço todos os dias 'as montanhas.
Acredito nas pessoas.

Unir a razao e o coraçao para decidir o futuro proximo, é muito dificil.
O resto é geografia, certo, Dani? Sonhei que passeava pelo mapa mundi, e que ia de um continete ao outro, num pulo, literalmente.

Das coisas que planejei pra minha vida, umas eu mudei de ideia. Outras eu adiei. Outras vou mudar de lugar. Quase tudo pode esperar.
Mas as pessoas nao. Escrevo, nao porque me esquecerei, mas para declarar ao mundo, que me apaixonei por este lugar, e que vou partir daqui, por causa das pessoas que deixei. E que se pudesse traze-las pra ca', ficaria ainda mais alguns anos.
Capito?

9:01 AM


terça-feira, abril 8  
Os Orixa's colocam sinais e pessoas estranhas para nos ajudar...

Porque nenhum kamikaze vem ao encontro do Berlusconi testa di catso?
Tenho um seguro de saude italiano, mas nao cobre a dor da saudade.

6:37 AM


sábado, abril 5  
Vou pra Mantova:cidadezinha medieval, nucleo de artes... Contar lendas indigenas, pintar a cara da criançada.

E vou de cabeça tranquila, apesar de nao parar de pensar que vou mudar de novo a data da minha passagem... Pra ir mais cedo.

9:33 AM


segunda-feira, março 24  
Faz algum sentido levantar as 5 da manha num frio fudido, ficar sozinha numa fila durante 3 horas e gastar 120 reais para declarar que se esta' num lugar onde nao se deseja mais estar?
Ser completamente correta, neste caso, me parece um pouco de estupidez.

4:37 AM


quinta-feira, março 20  
Acender uma velinha e rezar pelo que estar por vir, pelas pessoas boas, pela paz.
Nossa mentalizaçao é poderosa, e nao devemos precisar de guerras para nos recordarmos disso.

A chama ilumina nossas energias e espanta os medos. Nao paro de meditar.

7:23 PM


segunda-feira, março 17  
"longe de casa, ha mais de uma semana..."
Nesta quinta, completo 3 meses... nessa sexta, tem uma festa brasileira pra comemorar. E afogar as saudades na caipirinha (com limao nosso e açucar de cana!!!)


9:12 PM


 
Il destino è stanco di cambiare.

Porque ninguem pode me falar sobre o meu futuro? Ate o espirito foi embora antes de me dar o recado que trazia...

(juro que esse post nao tem nada de viagem: tudo muito serio nesse momento pre- verao)

9:03 PM


sábado, março 15  
Hey Fadinha??? Voce tirou os coment's? Como assim?????



2:56 PM


 
Prometo que os post's pirados e sem senso vao parar.
2:54 PM


quinta-feira, março 13  
Hospital: lugar onde se despede a se recebe gente.
Escola: lugar onde se aprende. Ou seja, qualquer lugar longe do conhecido. Isso inclui quarto, amigos, ruas, idioma, moeda, paisagem, comida.

Felicidade: a gente procura onde ela mora, mas é ela que nos visitar... gostar de gente e sentir que elas gostam de voce, como voce é. Mesmo que o tempo e a distancia digam nao.

Vai ser paciente assim na p.... ... ....riu.

7:50 PM


 
Nossa. Dificl escrever sobre antiteses... La vem breguice: " o ciclo da vida..."
Como eu queria abraçar umas pessoaszinhas... Cinco mulheres fortes e guerreiras, todas tao longes...



7:44 PM


segunda-feira, março 10  
Um monte de tinta organizada, pode sim me fazer chorar:

11:55 AM


domingo, março 9  
Passado o dia INternacional das Mullheres. Sinto mais Mulher do que nos outros anos? Voce se sente mais forte? E quem 'e que esta pronta pra mais desafios????
"Eeeeeuuuuuuuuuu........".


8:55 PM


quarta-feira, março 5  
Oggi è compleano da Jojo!!! Parabens, bruxinha. Daqui, rezamos e torcemos por ela. O sotao manda um beijo cheio de magia. Baixinha, guerreira, pisciana dificil...
4:23 AM


sábado, março 1  
Hey!
"Coelhinho da Pascoa, o que trazes pra mim?
Um ovo, dois ovos, a Juju assim!!!"

7:41 PM


quarta-feira, fevereiro 26  
Eu e minhas misturas... Desta vez, decepçao e tristeza, com saudades e responsabilidade.
Volto pra casa mais cedo do que a segunda previsao. Per Forse, como se diz aqui.

Nao é medo nem desistencia. Faço planos concretos, e o castelo de cartas seria ficar, empurrando com a barriga. Logico que fora encontrar as pessoas (que a mente sofre com a consciencia de estarem longe), tem uma lista de eventos que agora volto a me imaginar vivendo. Que bom. Porque tudo o que vou perder indo embora da Bota, eu nao conheço: a dor é bem menor.
E dor, "nao muito obrigada, estou satisfeita".

Cerveja, goiabada, onibus lotado, notas de reais... Vao me dizer que eu sou doente se eu disser que nao vivo bem sem essas coisas? A base de vinho, marmelada, trem perfumado e €uro's, resisto mas sofro.


7:33 PM


domingo, fevereiro 23  
Olele... Quando a gente acha que as coisas se definiram, estabilizaram... la vem surpresas....
Nao é uma reclamaçao. Mas puxa vida, cansa um pouco esse vai e vem.

Cometi um erro, pedi desculpas.
Ganhei um presente, agradeci.
Queria decidir, e ver acontecer.

Talvez fosse monotono.
Talvez fosse facil.
Talvez fosse pleno: voce e eu, balançando numa rede e vendo estrelas ineditas para os olhos.
Aqui tem as estrelas, ai tem a rede.

Sera que voce ja me esqueceu?

5:00 AM


domingo, fevereiro 16  
Cabeça vazia é o laboratorio do diabo, ou algo assim diz o ditado.
Estou surtando com essa situaçao de nao trampar nem estudar (italiano nao conta, estudo o tempo todo), somada a melancolia das ausencias.
Tenho uma inveja boa e saudavel da Joana que esta voltando semana que vem.
Pelo menos posso pedir pra ela trazer umas coisinhas... Uma duzia de amigos ta bom. Hahaha.
Ja que eles nao cabem na mala, entao vou pedir roupas de verao, mesmo. Em Maio, o sol chega aqui com força total.
Pegar um bronze na Italia, hahahahahahahaha!!!!!!!!!!!!

1:56 PM


sábado, fevereiro 8  
Eu tenho me preucupado demasiadamente. Comigo, com quem ta longe... Como evitar a volta da melancolia?
6:27 PM


 
Lunedi io ho mia prima lessione di italiano. Adesso capito tutto, ma parlare è um po dificcile, e scribire, più!
6:25 PM


segunda-feira, fevereiro 3  
Acho que estando num cenario de vida diferente, o tempo passa diferente.
O tempo pra mim agora, é mais relativo do que qualquer formula possa expressar.

Meu amor? Ainda nao sei muito bem como lidar com ele... Guardar numa caixinha, soltar no vento, agarrar bem forte embaixo do edredon. Tanto bem faz bem, tanto me puxa para o passado.
Tenho seguido o conselho espiritual de estar com o cabeça no mesmo lugar que os pés. Me disseram que nao era facil

E eu nao sei?!!!! Sinto. Muito.


6:05 PM


sexta-feira, janeiro 31  
Estou bem, cada dia melhor. O calor das mensagens me faz muito bem. Qualquer hora dessas tiro o atraso das respostas...
GRATIDAO e DETERMINAçAO, sao as palavras de ordem agora...

10:17 PM


sábado, janeiro 25  
Balada de sexta fortissima! Um amigo da Ro veio jantar com a gente (Marco em Rimini),
e as tres befanas riram ate lavar a alma.

Hoje o trabalho da lenha acabou de revigorar o corpo.
Vou dormir bem... cansada, alimentada(nao so de comida), feliz.

6:34 PM


quinta-feira, janeiro 16  
Chega de folia. De verdade. Ja tenho corrido atras de muita coisa, mas a partir de amanha começo com mais disciplina.
A seriedade bateu (no lugar da melancolia e da tristeza).
Exatamente no instante em que escrevo essas palavras, escorrem lagrimas. Uma mistura do frio da noite, com Cranberries e tanto imaginario sobre o futuro.

Preocupaçoes saudaveis, receios de criança. O tempo todo espero colo, e nao me reconheço muito assim... Sempre fui eu que oferecia o ombro, sempre tive dificuldade em pedir ajuda.

Alguma coisa aqui dentro de mim me diz o que fazer. Mas a revoluçao exige um movimento maior do que o individual. Ai sim, vou precisar da força dos amigos.

8:33 PM


quarta-feira, janeiro 15  
Recebi um email maravilhoso da Fadinha, outro da Rocio, falei com a bailarina, deixei recadinho pra Michele, irma e mae ligaram.
Travando mais contatos, construindo minha estadia produtiva aqui.

A melancolia more ja passou, maos a obra!!!

8:37 AM


terça-feira, janeiro 7  
duas da tarde aqui. Em Sampa deve estar fazendo um calor fenomenal. Asfalto queimando, barulho dos carros, as arvores tentando respirar entre os carros e fabricas.

Bom, aqui, a neve que começou ontem a noite, ja passa meio metro. Branco, branco, branco. Por todos os lados, a xpressao da força da natureza. Coisa mais linda. Daqui a pouco vou fazer umas fotinhas, com filme colorido, mas vai parecer que é p.b. ....

11:56 AM


domingo, janeiro 5  
bebi tanto... é o frio, somado com a melancolia (elemento cultural do local), + saudades de tanta coisa, e ainda preocupaçao com quem nao chega.
9:46 PM


sábado, janeiro 4  
essa lua de mel inesperada... me cobra que é uma coisa... volto amanha com mais calma. durmam bem, brasilianos.
9:04 PM


quinta-feira, janeiro 2  
nao quero escrever tanta coisa que me passa... mas amo tudo mundo igualzinho.

so nao quero pensar muito essa noite. distraio-me aqui, entre vinhos e historias deliciosas.
medo de falar com esse lado dai...

4:36 PM


quarta-feira, janeiro 1  
Muita alegria, champagne a abraços... Começando ao som de Olho de peixe. Dose grande para o reveilon do meu coraçao, as 3 da manha aqui.
Pensei, pensei, em cada rostinho, cada emoçao. Ja sem fogos, ja alegrinha, com cuidado para nao pensar demais e ficar tristinha.

12:45 PM


domingo, dezembro 29  
Genteeee!!!!!
O negocio é o seguinte: ate sei la quando, estou me comunicando via webmail. O que significa que minha linda lista do outlook, nao esta acessivel. E que portanto, uma porçao de emails (como o da Mama e da Lele, por exemplo), nao tenho comigo.
Os interessados em receber informes da viagem e carinho virtual, queiram por favor enviar-me vossos endereços? Me piacce mui. Grazie!!!

3:33 PM


 
As vezes a gente fica pensando no que falta... nao sei porque a gente faz isso, se é tao bom degustar o que se tem.
Estou degustando la vita, como niente a vera fato.
Mas sem esquecer do que e quem espero e me esperam.

Impressionante como algumas palavrinhas podem manter tao aceso. Esse frio todo, nao diminui nem um pouquinho do calor que carrego aqui dentro...

Saudades... Mais uma semana, e as lagrimas serao mais corriqueiras.
bjs!!!

3:27 PM


 
A macumba ja começou la em baixo, e ja, ja eu desço. Adoro ver as pessoas se transformando por conta de um ritual. Todos os detalhes sao importantes. As cores, os momentos, as forças, quem faz o que. Admiro essa fé tao bonita.
3:24 PM


quinta-feira, dezembro 26  
E por falar em sonhos... Nao sou uma pessoa que lembra dos sonhos toda noite. Pelo contrario, com meus 8, 9 anos, tinha altas crises por causa disso. Ficava muito triste de nao ser como meus amiguinhos, e as outras pessoas que quase sempre lembram. Pra mim, acordar e lembrar do que sonhei, foi sempre uma emoçao, um acontecimento maravilhoso. Enfim.
O fato é, que desde da primeira noite, incluindo o cochilo de ontem a tarde, lembrei dos meus devaneios inconscientes.

Além da constante de lembrar, outra coisa que tem se mantido nessas lembranças: sempre sonho majoritariamente com uma pessoa so. Até agora so figuras femininas.

Aqui, a energia feminina rola solta. E olha que eu sou a unica que vai alem. Pra valer, que brincar, todo mundo brinca, né?

4:43 PM


quarta-feira, dezembro 25  
Sonhei com a minha irma, estou enjoada....
Chove uma garoa paulista... Melancolia...


10:33 AM


terça-feira, dezembro 24  
Depois de uma noite em Rimini, agora em Saint'Agata (desesperada, que aqui so tem alguns acentos!!!).
Ja respodi uns email, postei no Bymyself, e vou descer, que o pessoal ta chamando. Acabamos de abri a setima garrafsa de vinho! Tudo bem que ficam sempre umas duas abertas simultaneamente, os copos sao grandes, mas anyaway, o povo nao regula! Nem a adega, nem da cabeça.

"Eu sò queria me casar com alguem como voce, mas alguem como voce nao ha. (...) Sò é possivel te amar...!"
Essa Cassia... sempre dizendo o que eu penso, antes mesmo deu terminar a linha do pensamento.

EU TO NA ITALIA!!!!!!!!! NAQUELA BOTA! Preciso dormir e acordar mais uma noite para crer....!
bacios per tutti persona!

1:54 PM


sexta-feira, dezembro 20  
Xiii, não sei se vou postar ainda antes de ir... de que computador? O que? Tudo dito.

Arrivedercie!!!

4:11 PM


 
Amigo secreto no trampo... Ganhei um cd que tinha mesmo pedido, e a secretária que tirei, adorou a maquiagem. A verdade é que por mais farofa que tenha sido, adorei! Esse pessoal da limpeza, da jardinagem, office e moto boys, tendem a ser muito mais humanos, sinceros e escrachados do que a elite muito chata dos computadores. Quanto maior o grau de instrução, mais frescos, arrogantes, travados e frios. Eu e o leãozinho rimos adoidado das piadas ingênuas e das malícias do povão.

Churrasco e kaiser: praticamente uma laje do Jardim Ângela. Tava tudo mundo: o Batata, o Zé, o Alemão, o Santista... um mais hilário que o outro. Tinham umas frutinhas que me salvaram, mas mesmo sem comer da mistura, fiquei assistindo ao evento social do ano. As pessoas arrumadas pra trocar presente... uma beleza. Muito fofos uns com os outros, e mandando ver na tiração de sarro dos chefes.
É, tratei de guardar no último dia, memórias boas dessa fundação.


3:28 PM


 
Concidência, acaso... não acredito não. Um encontro absurdo, que se explicou depois, fez da minha tarde e da minha noite, um encanto.
11:16 AM


quinta-feira, dezembro 19  
Fiquei tão atordoada com essa história da chave, que acabei esquecendo de como foi maravilhoso no Terra Madre...
Como eu adoro o Pi! Se é pra casar, casa direito, né!
Pago um pau para a Michele e seu noivo de ouro. Combinam absurdamente. E aquele anelzões nos dedos... Quando é pra ser, é pra ser, né? Acho que vou chorar um rio quando eles mudaram as alianças de mão (casório de gente linda, energia boa muito intensa!)

3:04 PM


 
Sabedoria leonina...


1:15 PM


 

Focus. Transcendência. Espiritualidade.

12:37 PM


 
Acabo de chegar pra trabalhar, porque na hora em que devia acordar, tinha acabado de chegar da despedida do apê. A baladinha foi ótima, com algumas perdas.

Engraçado eu ter dito que seria "rever estragos". Porque chegando lá, nem reparei nas causas dos estragos já feitos. Me diverti à beça, e rolaram estragos novos. Mais uma vez, a maravilha da balada é interrompida por um imprevisto chato. Anyaway, ninguém dormiu na rua, ninguém passou frio, nem fome. Quer dizer, minha barriga ronca loucamente...

11:07 AM


 
Algumas coisas a gente demora a acreditar... Não acredito que ontem consegui conciliar tanta coisa, fazer quase tudo que queria.
Não acredito que a chave se perdeu...

"Não pertenço mais a essa realidade... esse mundo já está de boicote...é preciso partir. Rápido."


11:01 AM


quarta-feira, dezembro 18  

Para a ocasião de rever o que causou estragos.

eu perguntei ao mal-me-quer
se meu bem ainda me quer
e ele então me respondeu que não

chorei, mas depois eu me lembrei
que a flor também é uma mulher
que nunca teve coração


a flor-mulher
iludiu meu coração
o meu amor
é uma flor ainda em botão


o teu olhar
diz que ela me quer bem
o teu amor
é só meu, de mais ninguém



Ronaldo, dá licença, viu. Chupado do vitrola, que merece uma um post especial pra ser comentado, depois deu ter passado horas da manhã lendo e ampliando vastamente meus conhecimentos.


1:17 PM


 
(...) Bem... Eu ia continuar, dizendo que se eu gostava do Ronaldo, depois de ontem sei porque gosto e gosto mais; que o Min é de verdade um cara muito, muito legal e bem inteligente; que Mee continua linda (bilingüe, charmosa, divertida...); e que as companhias que a Dani tem tem e arranja, são definitivamente nata dessa nossa geração (ou será que meu contato com o submundo e com a velha guarda foi longe demais, e vivo trombando com gente que meio estragadinha demais?) - o que subntende a preciosidade dessa menina-mulher.
Anyaway, na linguagem do Ricardo: saldo da noite, super positivo! As quatro figurinhas podem ler Paulo Coelho, que não perdem ponto nenhum. Háháhá!

Deleite de entretenimento, aprendizado, diversão. Cheguei eufórica (deve ser a abstinência), tensa, insegura.
Saí calma, menos tensa (pra ficar relaxada precisava de um cowboy), menos ansiosa.

Preciso fazer a manutenção do que disse pra Fadinha..."se a gente se desespera, aí que larga o leme mesmo, e tudo perde o rumo. Cheia de problemas, mas com serenidade pra lidar com eles. Fugir é que não dá. Senão, à noite, eles vem puxar nosso pé na cama."

Isso me lembra um negócio que minha irmã tem na porta do armário. (E que me vem a cabeça, algumas pessoas que precisavam ouvir isso...):
Coragem para mudar o que está errado;
Serenidade para entender o que não pode ser mudado;
Sabedoria para discernir uma coisa da outra.


Lições de casa:
FAZER MAIS AS COISAS, pensamos demasiadamente, pra concretizar muito pouco de tanto bom.
Ler O PROCESSO, Kafka. Fonte de sugestão bem confiável.
Separar os livros do Saramago: Cegueira pra Dani, Ilha Desconhecida pro Min. (lembrar que outro que ela queria... Evangelho, talvez)

12:30 PM


 
O que dizer sobre ontem? Uma surpresa melhor que a outra. De uma conversinha que eu teria com o Min (precisava conhecer aquele documentarista da realiade diária!) e com a Dani, para a presença do Ronaldo, até a surpresa da Mee, um pulo gracioso. Será que foi a arquitetura que favoreceu tanto? O tal "redondo" virou palco de diálogos que senti ajudar tanto a mim quanto a todos, muito. Compartilhando opniões, não só informações (como bem disse o Ro, é muito mais a cara do que precisamos e queremos). Foi a conversa esclarecedora que estava precisando para viajar. Não sei direito com explicar isso, mas já sabia do potencial desse garoto, por osmose. Mas essa aspiração foi realmente consolidada, a partir do momento em que perguntei o que ele fazia da vida a final (incógnita que nunca me incomodou, mas existia).

TO BE CONTINUED!!!

9:29 AM


terça-feira, dezembro 17  
Muito tímido, começa um friozinho na barriga.
É parecido com quando eu era pequena, e descia de carro, no banco de trás, a ladeira do lado da minha casa...

Ontem, voltando de carro, sentia como uma metáfora da minha viagem. Guiando sozinha, mantendo o controle, feliz da vida.
Por pouco que não saí por Sampa, continuando a analogia por horas e horas....

8:52 AM


segunda-feira, dezembro 16  
O silêncio da solidão
é memória
reverbera
fantasias, ilusões,
onde desaguar
como abraçar
tamanha paixão?

(...)

Somos etéreas
flores fugazes
pirilampos da vida
pela vida
alinhavadas

schall, sem poesia, eu nem tinha vindo pra esse mundo!

2:14 PM


 
sem ela não vivo, sou parte disso.
me construo e destruo, o tempo todo.

Ah, Arte! sendo tudo um pouco de ti, és vital para o que vive bem vivida !

2:11 PM


 
Nadei pelas águas mais aconchagentes. Brinquei num mundo mágico, e fui feliz. Muito feliz. Feliz de fazer o bem, de ser assim, cheia de defeitos e virtudes, quem eu sou. A sensação indescritível de ser plenamente eu, e do mundo gostar disso que tenho para oferecer.

Começo a semana cansada, tensa e blá, blá, blá. Mas realizada.
E na terapia em cada gesto; quase chorando, quase soltando uma gargalhada.
Trabalhando meus excessos: liberdade e ciúmes.



11:47 AM


 
Se todo fim de semana fosse assim....
Trabalho com muito prazer, gente maravilhosa. Produzindo, amando...
Assistência pra o que precisar!!! Hihihi!



11:43 AM


sexta-feira, dezembro 13  
GRRRRRR! Perdi uma mensagem linda, que demorou literalmente duas horas pra ser escrita. Tô com fome, um pouco de sono... Mas feliz. Adoro quando a Rosana me responde rápido. Parece que estamos mais em sintonia ainda. O mesmo com o Bruno. Trocamos mensagens de e-mail hoje, como se fosse icq. Pura sintonia.

Vai chover... Ainda bem que vou de carro. Minha irmã vem me pegar, porque todo mundo aqui no trampo, ganhou um peru, uma torta doce, uma sacola térmica, e mais várias coisas que não me lembro, da Sadia. Acordos, sabe? A gente faz uns trampos bem feitos pra eles, e eles mandam a "Cesta da Paz" no fim do ano. Acho que vou largar a minha na porta de uma creche. Melhor aproveitamento impossível.
Eu que não quero peru nenhum... e a miss daisy nem é tão boa assim.

A criançada vai adorar a larica!!!

3:51 PM


 
Tensão. Sem e-mail do meu velho, não sabia se iriam rolar os tramites da passagem da Sra. Capuzzo. Precisei da ajuda da Mi, muito mais psicológica que prática, mas anyaway, sentia-me meio impotente... Uma porra dum limite bancário dificultando a vida de tanta gente.
O mais importante, tanto da conversa com o Chica quanto com a Mi, foi sintetizar o que ficou pra mim dessa história toda com a Joana.
Com cada um a medida do que dizer é bem diferente, embora com os dois eu sejam plenamente sincera: não minto, só omito.

O que é nosso é só nosso. O que eu vivi... só eu sei. Todos que atropelei por essa causa, prioridade equivocada, hoje me desculpam e respeitam o tempo que precisei pra desencantar. Mas como demorou, não é? Se eu tivesse percebido antes... Acho que teria feito tudo... igualzinho eu fiz. Arrependimento? Nenhum. Eu faço parte do que você se tornou. E vice-versa. Felizmente.

E tenho tanta certeza que ela concorda comigo...

Palavras-chave: mobilização, desencanto (tardio?), espírito, karma (cada um com o seu... hihihi!).

3:33 PM


 
Mas que quinta feira estranha... cansativa antes de tudo. Vim trabalhar (sim, é deprê, estou aqui até as 4...) super tarde, e portanto saí mais tarde ainda. Dei a maior sorte que o Chica estava indo pra Sampa, e passou pra me dar carona. Esse é um cara que respeito pra caramba. Além de muito bem humorado (Chicabum que mora dentro dele), ele já foi compreensivo comigo de uma forma... sobrehumana. Um dia aida vou registrar essa história...


2:10 PM


quinta-feira, dezembro 12  
A festa surpresa foi M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A !!! Minha irmã nem imaginava... Gente de várias fases da vida dela. Pouca gente, no ápice tinham umas 15. Mas nas palavras dela: "a nata dos amigos". Dessa seleção, faltaram uns, é verdade, mas como ela mesma disse: "tudo bem, sempre falta alguém...".
De ontem pra hoje, já perguntei umas dez vezes se ela gostou... Fiquei tão tensa pra que tudo desse certo, que quando deu, foi um alívio só. Mais a brincadeira que o Rodney levou... Relaxei na medida.
Tinha esquecido com é bom beijar depois de fazer essa molecagem. Ai, ai... Ui, ui... Eu também fiz a festa. Gostei muuuuito que a Tati e a Tulipa foram! E achei o máximo a revelação da Tú... Mesmo não abrindo mão dos "jiu-jitsu", ela está com vontade de dar um variada... Se é que você entende... Hehehehe!
Pensamos até em dar uma esticadinha (lá fecha cedinho), mas a real é que já tinha rolado tudo de bom, e a aniversariante estava exausta de tantas emoções.

Amo demais a minha irmãzilda, e essa surpresa me ajudou a me acalmar: são só dois meses, e ela tem gente do bem que também ama ela, se importa, ajuda e vai fazer companhia na minha ausência. Ter dado tudo certo, ela ter se encantado com o inesperado, também foi um presente pra mim. Ela não está nada só. Ela está bem, segura, linda, talentosa, como sempre. Como disse o Charles: ela tem uma beleza que é só dela. E quem descobre, se apaixona.

4:05 PM


quarta-feira, dezembro 11  
Yhupiiii!!! O Niver da Miroca trouxe muita coisa boa. (E vontade de ser um baixo, hihihi!).

Itinerário do dia: restaurante, Paulista, casa, e mais bagunça. Afinal, hoje é uma belíssima quarta feira de verão...

12:01 PM


 
Eu já ia me esquecendo, que hoje a matriarca da família também apaga velinhas... Deve estar fazendo uns 88... Anyaway, desejo toda paz e saúde pra velha também. Valeu Vó! (Se ela tivesse parado antes do sétimo filho, eu não teria pai. Eu e minhas viagens... quieta, mulher!)
9:07 AM


 
Hoje é o seu dia, que dia mais feliz!!!


Aniversário da minha irmãzinha!
Parabéns, Mimi!!!


Você merece, esse e mais vários e vários anos de saúde e alegria. Que com essas duas coisas, a gente consegue quaisqueres outras.
Amo você, daqui até a lua, ida e volta. Como diz a Teca, "milhares..." de vezes.
Aliás, só existo por tua causa, né?
Já superei todas as surras que você me deu, pronta pra levar outras. As vezes eu preciso mesmo, eu sei. E você é uma das poucas pessoas de quem adimito aqueles puxões de orelha. Foi muito bom ter crescido do teu lado, e continua sendo. Tanta coisa que fizemos uma pela outra, e ninguém faria melhor. Tantos momentos que a gente construiu na parceria.

O que vamos fazer hoje, Pinky? Sem tentativas,... HOJE O MUNDO É TEU!!!
"Zula.."

8:26 AM


 
Ai, que delícia!!! Como as coisas simples podem nos deixar tão, mas tão felizes...
Nunca foi tão gostoso devolver vídeos na locadora. Nunca uma pick-up me pareceu tão bonita. A minha terça à noite não costuma ser tão agradável (se bem que a passada já foi ótima..).

As pessoas por aí, não são tão belas e encantadoras. E nem me instigam tanto em conquistá-las. Não sou calculista, mas achei uma causa pela qual vale a pena não brincar. E se entregar é um dos melhores prazeres que nos concederam. Sentir que o movimento é mútuo... não preciso de mais nada!!

Já sei o que vou pedir nesse fim de ano...

8:15 AM


terça-feira, dezembro 10  
Olha que coisinha!!!


Tirei de um site gay internacional. Deve sumir daqui um tempo, mas tudo bem.

2:04 PM


 
Acabo de notar: pisciana, baixista, ciumenta, vai pra London, ama cinema. É ou não é uma mistura muito balanceada de duas outras figuras lindas? Edição revista e melhorada.
Se pensar um pouco mais, descubro mais várias coisas.
É, a vida é assim mesmo... Encontro, bem na hora de partir.

8:43 AM


 
E por falar em noite, o que foi aquilo ontem?...

Uma distração que saiu meio cara. Só em termos de grana, porque ninguém nem se arranhou.

Saímos umas 10 e pouco, pra encontrar o Caio - o guitarrista -, e seus amigos. Uma voltinha no Morumbi, básica. Numa rua larga, antes de caírmos na Bandeirantes... CRASH! Um toque, nem tão leve, atrás do vectra da Carol... Era o namorado dela que estava guiando, e a reação deles foi muito legal, se pensarmos como podeira ter sido.

Susto à parte, guincho chamado, vistoria feita. Uma hora e pouco nessa brincadeira.
Sinceramente? Não perdi um minuto de lazer. O meu motivo de estar lá, continuava lá, e até com um charme a mais por causa da situação... Os amigos não podiam saber a verdadeira verdade, mas ainda sim estava bom. Terminamos todos no carro do Caio pra dar rolê.

Assunto pra mais três crônicas: "Brasileirinho na Oceania", "Ricos têm questões, a classe média têm problemas, e os pobres tão fudidos" e " Bela Bailarina Baixista".


8:33 AM


segunda-feira, dezembro 9  
Afora a mancada do ano, que noite!!!
Com direito a declaração e tudo. Assim que cheguei, liguei pra Bailarina, e ela ...foi pra lá! A-D-O-R-E-I ter encontrado o Ro(naldo), o Ro(drigo) e o Maia. Embora esses dois últimos eu já imaginasse: a trupe do último lançamento da Mineral com Gás; batendo cartão naquel lugarzinho... Essa foi a última. O próximo domingo, é meu último no Brasil, até o ano que vem!!!!

8:24 AM


 
Olha, eu não sou uma pessoa rancorosa. Menos ainda vingativa, longe de mim. Eu perdôo com muita facilidade as pessoas que eu amo. Mas a paciência uma hora acaba.

E com ela foi dessa vez.

É possível imaginar, que uma amizade tão bonita, que mesmo com seus desentendimentos habituais, possa de uma hora para outra valer tão pouco? É preciso dizer, que ainda não falei com a dita cuja pra saber o que realmente aconteceu. Ainda existe a super remota possibilidade dela ter passado mal, desmaiado. Mas é extremamente remota. Eu perguntei pro segurança sobre essa possibilidade.

O fato é: somente sob desmaio, ou outro estado de inconsciência, é que se vai embora da balada, sem avisar a amiga, uma vez que se tem no bolso, a comanda e a chave de casa dela, certo? Não exatamente. De quebra, íamos juntas pras casa. De carona, a pé, de charrete, qualquer coisa. Sempre fomos amigas do tipo irmã. A gente se cuida, a gente se preoucupa uma com a outra. Ou pelo menos era isso que eu pensava.

Mamá me deixou pra trás, na maior.
Tudo que posso fazer, é pegar minha chave e comanda de volta (tenho que ir devolver em troca do cheque...), e ouvir se ela tem uma história de hospital boa pra contar. Que seja além de convincente, verdadeira. Doce ilusão? Espero que não. Não queria ir viajar chateada com ninguém.

Embora já esteja...




8:06 AM


sexta-feira, dezembro 6  
Agora o By Myself mudou o visual, e tem coment's!
11:08 AM


 
Miss Dellape. Como eu dizia com a Mi: só quem está de partida sabe quão estranha é essa sensação de "agora é sentar e esperar."

Preciso, quero muito, ver muita gente antes de ir. Correndo, a favor do tempo.

10:58 AM


 
DroZóPhiLa de novo! Ontem fui levar a Michele. Não foi nem pelo tempo pós-chuva super agradável, nem pelo clima do bar, que é dos melhores. Foi por causa do nosso papo mesmo, que entrei no carro estranha, e quando ela me deixou de volta, estava muito bem mesmo.
10:54 AM


quinta-feira, dezembro 5  
3X2 pro Timão, 3X0 pra mim!
Nos perdemos, nos achamos, dançamos, bebemos, bebemos mais. Deixei os rapazes no ponto de táxi e voltei pra casa. Uma vontade de dar uma volta de carro pela cidade... Se eu tivesse companhia, ou propósito...
Olha, eu vou ter que dizer, que abençoado seja sei lá quem ou o que, que me fez não lembrardo que estava rolando não muito longe dali.
Imagina se uma vez que estou de carro, acordada, arrumada, se eu lembrasse, se não ia ficar me mordendo de vontade de passar na Black? Pois é... E olha que na terça, enquanto brincava de pot com a Mamá, um flyer da balada, sozinho, brilhou no chão na minha frente. Eu cheguei a parar, pegar, ler. E soltá-lo de novo na exato lugar onde achei. O velho e bom, deixa estar.
E hoje, para tornar, nem meu dia, nem meu mês, mas minha vida melhor, essa notícia...
Pepinos e intrigas à parte, eu sou muito, muito, muito feliz. Acho que daí essa minha vocação: é meu jeito de dizer obrigada.

Eternamente grata.

8:42 AM


quarta-feira, dezembro 4  
Hoje é dia de timão, de Lov.e, I'm gonna through myself!!!
If you want to by my company.. I'll enjoy a lot. Be my guest, lady!!!

11:29 AM


 
Ontem fui resolver burocracias na Policia Federal. Ao invés de ir de metrô, como o plano original, acabei tomando um bumba até o Anhangabaú. Sabia que não era exatamente do lado, mas quando não se está com pressa, um passeio pelo centro é sempre uma ótima pedida. Pensei no meu curso, e mais especificamente no Min, diversas vezes. Cada foto que estava lá e eu não tirei...
10:47 AM


 
Cervejinha providencial... DroZóPhiLa! Ou algo parecido. Infinitamente melhor que Gourmet. Idéias parecidas, mas bem melhorado mesmo. O que diriam 10 anos atrás: "Jóia!". É cara de um monte de gente. É claro que vou levar todo mundo.. E como eu disse, como se não bastasse Pollock, agora realmente 'forever marc'.

Um lugar onde se fica mais 10 minutos no banheiro, depois de já ter deixado a primeira cerveja e lavado as mãos (fedendo a cigarro, blerg!), é porque realmente é interessante. Os toiletes dizem muito sobre os recintos. Percebi como a arte e o velho estão tão próximos entre si e de mim. Acho que já tinha pensado ou ouvido isso, mas ficou tão óbvio naquela parede.. Só vendo mesmo pra entender.

Dormi pouco, mas dormi muito bem. Acordei com muito sono, mas feliz.
A Fadinha não ligou, mas tudo bem. Até onde eu sei, estava em boa companhia. Só espero poder vê-la bastante antes de ir. Viu, Fadinha?

9:23 AM


 
Cervejinha providencial... DroZóPhiLa! Ou algo parecido. Muito legal mesmo. É cara de um monte de gente! É claro que vou levar todo mundo.. E como eu disse, como se não bastasse Pollock, agora realmente forever marc.
9:23 AM


terça-feira, dezembro 3  
Saudade fortíssima. Daquelas regadas à melancolia. Pelo menos três novas músicas-tema.

Fiquei puta da vida com minha irmã, por ela não ter me acordado ontem. Mas na verdade, eu bem que precisava dormir, ao invés de como ela diz, "ficar vadiando". Ela sabe que eu tô dando um trampo fudido e fica tirando uma da minha cara, tipo "essa moleza vai acabar". Mas é de coração eu sei. Adorei quando ela matou mais uma charada de mim, pra mim. Tenho sido nômade no último ano, porque não sinto nenhum lugar como meu. Porque meu lugar não é aqui. E é óbvio que fico me perguintando, "onde é então, porra?!!!". A J. sempre me foi motivo suficiente. Agora fica mais difícil...

12:09 PM


segunda-feira, dezembro 2  
Domingo à la Lôca, de novo! Se no passado eu beijei o Rô, Rodrigo, nesse foi o outro Rô. (...) À pedidos, recusamos no princípio. Mas depois, nos pareceu uma idéia boa, e era mesmo. Ela não ficou como achávamos que ia ficar. Normal, curtiu. Um tesãozinho básico com o tempo da mente: passado e presente se beijando.
Interassante. A explicação psicológica pra ela querer ver essa cena, e fazer a cena em si.

Fui decretada como ex daqui, atual de lá, uma bagunça só; que em parte diverte, em parte magoa. Não me decrete algo que eu não banco. Não diga que assumi, algo que não pretendo. Mas tudo bem.

Foi ótimo ficar horas conversando com a Fernanda, amiga da Manu. Descobri que passei o Ano Novo passado com a irmã dela! Uma loucura de "concidências", gentes e lugares em comum. A começar que ela mora com a garota que fico puta comigo por causa da Rocío.
Ufa! Váárias histórias Lôcas. Pronta pra começar mais uma samena sem dormir...

Agora, PF e sono. Ainda tem papo com a Michele no começo da noite.

2:07 PM


 
Ao contrário da semana passada, neste sábado eu fui no Benedito. O babado não estava muito forte não, mas adorei de qualquer jeito, porque o Amauri e o Rod foram!!! Ficamos num papo super gostoso, eles, minha irmã, eu e a Tati (sim, a paraense esculpida). Também encontrei aquela estranha que me atrai, a Julinha (continua igualzinha...) e a toda a liga que permanece depois do "... Pollock". Maia, Rô e seus amigos 'hipes' (eles também são , na verdade), Manu e eu. Segundo a Lucilene, a Joana disse que iria passar por lá, mas não apareceu. Deve ter enjoado.. Ela tem ido há no mínimo um mês. E pelo que fiquei sabendo do sábado passado, ela não guardou boas memórias... Anyaway, me diverti do jeito que eu adoro, circulando entres as sub-gayleras que se apresentaram. Dei até uma passadinho no Mud, que aliás achei muito legal. De graça, somzinho, pufes... Bacana.

A noite, festinha de aniversário classe A, com buffet do Arabia, Chandon e green pot. No meio do caminho tinha uma Dj, tinha uma Dj no meio do caminho, mas tudo bem.

Sonhei tanto, tão gostoso... Acordei até que bem feliz prum domingo. Tenho medo dos domingos agora... É o dia em que ficam faltando X semanas exatas para a partida. O grande dia cai num domingo, à noite... Tenho medo que não dê tempo de fazer tudo com perfeição, e mesmo que dê, o friozinho na barriga é inevitável... Uhhuuuuú! Menos de três semanas... Preciso acabar de arrumar o By Myself... E mais muitas coisas não virtuais.

1:53 PM


 
Antes de me jogar na cama, fui visitar as amígdalas da Mamá, enquanto elas ainda estão por aqui pra contar história. Assisti seriados lésbicos da HBO, e comi pizza. Bem sexta a noite mesmo... Adoro aquelas gêmeas! E tudo ficou ainda mais divertido quando chegaram o Ricardo, namorado da Lelê e a Camola, não mais namorada da Mamá (ou pelo menos é o que ela diz...)
Fui arrastada pra casa e capotei como o previsto. Ainda bem. Mal sabia eu, o que me esperava no dia seguinte...

1:36 PM


sexta-feira, novembro 29  
Dobrei hoje no trampo, vou me jogar na cama, e só acordo amanhã...
5:30 PM


 
Ontem tinha tudo para ser mais um dia frustrante, mas não foi. Não tinha aula na faculadade, e eu fui até lá de bobeira. Desde de manhã que toda a história da J. não me saía da cabeça. Pensei três horas de discurso de coisas que eu tinha pra falar. Digo tinha, porque o tempo passou e de todo aquele impulso de raiva e mágoa, fico só um pouquinho.
Escrevi um conto que gostei muito, "à la Cidade de Deus". Adorei o estilo do Paulo Lins, linguagem intensa. Ainda não tem título, e nem sei se vai ter. A minha irmã adorou, e até meu pai que leu o começinho se interessou. Fiquei orgulhosa. Queria mostrar pra algumas pessoas... Espero que acrescente-lhes alguma coisa.

À noite? Minha irmã e eu, nos perdemos completamente, no meio das bocadas do Morumbi! Tentando chegar na pré inauguração do um lugar chamado Bloody. A Tati está na produção desse babado e colocou nossos nomes, e o do Rod e do Amauri. Foi maravilhoso reencontrá-los!!! Na fila estava quase desistindo e indo pra casa. Mas ainda bem que eu resisti... Balada maravilhosa!!! Som, iluminação e ventilação fantásticos. Um lugar enorme, daria um museu maravilhoso.
Mas convém dizer que o lugar pouco importava. O que realmente fez valer a pena dispensar o sono, foi estar com o Rod e o Amauri. De lambuja, encontrei ninguém mais ninguém mesmo do que Ana Luisa!!! Como são as coisas, não é? Faziam uns 8 meses que eu não a via. E a concidência acontece exatamente no dia seguinte que eu encontrei a Michele! Cada "concidência" que me acontece... Ela estava com uma "amiga" linda (vai saber, né?). Conversamos não mais que dois minutos. Mas o significativo foi mesmo vê-la, dar um abraço. Se ela soubesse que o Gá tranformou aquela ira que tinha por mim, em outra coisa..
Enfim. Dancei muuuuito, e exorcizei meus problemas. Além de ter ficado louquinha, louquinha... Os meninos voltaram a andar com munição no bolso. Fiz um coisa deliciosa: K, e me soltar nos braços do Amauri... (Tiraram várias fotos nossas, mas numa rápida procurada, não consegui achar. Devem ter ficado ótimas, vou atrás!)

Como eu amo eles! O quarteto mais gostoso de balada: Rodney, Mirana, Amauri e eu. Não precisamos de mais nada além de nosso bom humor, gingado, e um som do naipe.


9:04 AM


quinta-feira, novembro 28  
Ah, Michele, você não sabe o bem que me fez...
O amizade linda, viu? Por mais que a gente não se veja muito, quando acontece, é sempre ótimo.
Ontem, especialmente, as duas estavam com boca boa pra falar, e ouvidos bons pra escutar. Ela até me mostrou como temos uns aspectos em comum, desde sempre... Puxa... não é que é verdade? Adoro essas sínteses de personalidade.
Nossas vidas e problemas andam de certa forma parecidos... Muito trampo, pouca grana, altos questionamentos... Relacionamentos, família, projetos pessoais... ela ter me ouvido, e me dito tudo que disse (me conhece bem, talvez melhor do que eu imaginava), foi até mais e melhor do que eu estava precisando. Também adorei, porque ela ia fazendo um paralelo com a Júlia que ela conheceu e o que me tornei. Me alertando pra minha mudança de comportamento, o que era bom e ruim pra mim e para os outros.
A Mi, como a maioria das pessoas próximas de mim, sempre falou mais de si. Não por egocentrismo, de modo algum, mas porque eu sempre tive essa "mania', de guardar tudo, de ter a pretensão de que dou conta sozinha, sem dividir meus problemas.
E por isso também que as pessoas costumam me achar mais forte e irredutível do que realmente sou.
(agora que eu comecei a compartilhar tudo que antes guardava pra mim, haja paciência das pessoas!)

É... revendo meus conceitos e valores, as verdadeiras amizades brilham...

11:36 AM


 
Nada podia ter sido melhor... A chuvinha me privou da luz, mas quanta clareza não encontrei nessa conversa??? Muita saudade, cumplicidade. As poucas horas que a viagem me aperta o coração. Distante de gente tão linda, é claro que eu volto, e sem muito demora!
Contei mais coisas do que estavam no programa, mas era preciso. Começa o fim dessa mania de guardar tudo pra mim.

1:51 AM


 

Foto que a Mi tirou... Papo ótimo ao invés de trabalho ou sono...

1:42 AM


terça-feira, novembro 26  
O Don Juan consertou meu computador. Mas continuo com puta dor.
Vou engatar, que pelo menos aqui, vou até o meio deste fatídico dia.

8:26 AM


 
o que diabos será q a vida me reserva pra hoje??? Pra começar, hoje veio logo após ontem. Que por sua fez, também não foi lá muito fácil. Eu devia mesmo ter percebido que era uma sinalização pra o que estava por vir...
Faltou luz, e com ela, o despertar dos relógios (tudo na tomada..). Carona cretina, estranha, cruel, irritante. Passando pelo meu passado (aqui representado pelo trajeto para o colégio). Adiantada, paramos na porta, porque havia o que dizer. Fiz um balanço rápido de tudo que se passou enquanto ele esteve fora. Dei margem pra ouvir mais um milhão. Pra quê...?
Minha réplica, mais um tanto. Seguida dum choro, que só passou com chuva, um cigarro, e outros humanos, amorfos, passando por mim.

Fico puta comigo mesma, por ser assim tão complexa, e acho que eu pouco fria. O barulho da minha angústia poderia ter sido ouvido por todos estudantes, mas eu comprimia o peito. Poderia chorar por mais duas horas, mas eu engulo.

É hora de ir trabalhar, e o mercado está cagando e andando pro meu sofrimento.
A minha máquina não funciona, e não vem me dizer que é sintomático. Não porque não seja, mas porque eu já sei, e me irrito quando lembro. Talvez o Leãozinho possa resolver pra mim. A máquina, não minha aflição e ira. Isso, só eu, mesmo.
Sigo esperando o dia com tempo e força pra me concentrar. Nesses momentos, duvido dessa força que todo mundo vê. É só o que eles veêm...

Pelo menos está chuva me faz companhia, solidária. Se estivesse sol, aí sim eu ia querer morrer.
Água, água, que passa, e me resolve... Estou doída de saudade daquela pisciana. Que pouco me ouve, mas muito me acalenta.

Se bem, que nem ela me resolvia agora. Só um voô pra bem longe, mesmo...
Respiro e conto os dias. Que medo de cair de novo naquela avenida. Se eu for pra lá de novo, é porque a coisa tá séria. Preciso dormir... hibernar e só acordar quando o mundo aqui fora tiver mudado bastante...

8:18 AM


segunda-feira, novembro 25  

E no final, é só isso que me alivia. Esse vício ela compartilha também.

10:42 PM


 
Realmente, muita gente duvidou que não estivéssemos sobre o efeito de alguma droga. A harmonia plena que tantos reconhecem na pílulazinha, pairava sobre nós, naturalmente. Quem começou primeiro, saiu antes; quem há tempos adiava, levou as circunstâncias a cabo.
Segunda-feira de partida, de mistério (que será que querem me falar?), de chuva pra lavar a alma, de acolhimento fora de casa.
Estamos todos bem; semana que vem deve ter jantar, e nem vou ficar pensando do que será desta semana. Sou mesmo doidinha de sair da aula sem rumo, pra qualquer lugar menos pra casa. Eu e minha música, um cigarro, uma poesia de uma frase só, pra tanta gente sofrida que vejo.

Mais uma noite curta demais, pra adiar minha chegada na bota e acelerar meus batimentos...
Durmam com os anjos, pra quem consegue dormir.

10:35 PM


 
Há, há, há. Pensou que o festival tinha acabado? Ontem, fechado com chave de ouro...
11:59 AM


domingo, novembro 24  
Domingo...
Reclusa, fazendo mel... Minha prima Giulieta clicou! Bzzzz!!!

7:01 PM


 
"The Festival is over."
Rendeu muito babado, e confusão.

Interação e inspiração
Fazendo história em dia de glória.

Sinto meu ensaio pra outro lugar.
Adoro as críticas em baldes.

Rever tantos, e nem todos viram.

O elenco, e em primeiro plano, o diretor.
Foi muito legal fazer o vídeo. Valeu, Rô e todo mundo que atravessou a idéia...
Projetos à frente, pensamentos registrados, e a gente faz muito mais.

6:37 PM


 
Deixe a culpa em casa. Esqueça pra trás as normas. Ande livremente com seu lindo guarda chuva!


estou sempre por perto..

5:07 PM


sexta-feira, novembro 22  
O Cracker está contando...
1:58 PM


 
Mas sobre a tarde e a noite em si: Pacoli e Mee, eleitas por unanimidade, companhias sensacionais. Bom humor, Q.I., beleza, senso crítico, ousadia, criativdade e anseios. Não falta nada às mulheres, não. E ainda por cima, tem uma amiga.. Fadinha, fadinha... Me enche de alegria com seu pózinho de pirlim pim pim.

Se eu gosto de sexo oral? Claro! Essa Fadinha pergunta cada coisa...

1:32 PM


 
Ufa! Passei a manhã aflita, querendo postar logo, todas as "concidências" loucas que rolarem ontem. Vi a versão da Fadinha, o que simultaneamente me intigou e desmotivou a postar. Quero dizer, ela falou tão bem, tão gostoso.. Mas minha versão é minha versão. Imagina que ela achou que eu fiquei puta da vida??? Que viagem... Mais duas vezes que ela pedisse desculpa, eu ia me irritar. Desculpa por quê? Por ser sincera consigo mesma? Por dizer ao mundo o que ela pensa? Talvez por ser muito mais corajosa que eu e chorar em público? Não, meu bem. A Lud e sua estranha sabedoria: "Só podemos mudar alguma coisa, se assumirmos pra nós mesmos."
Se você quer superar um comportamento que não gosta, já começa muito bem, assumindo. Caminho certo. É só manter o ritmo.

1:31 PM


quinta-feira, novembro 21  
A ausência de palavras, não signfica, em absoluto, que não tenha o que ser dito. Pelo contrário. A energia fora do virtual, rende tensões e emoções infinitamente mais fortes. De forma que ainda nem consegui digerir tudo que me aconteceu.
Ontem tive um desencontro, mas que tirei de letra, com a Fadinha. Agora sem celular (abduzido na parada da paz..., fica mais difícil conttar o mundo. Fico dependendo de alguém em casa pra onde ligo a cobrar, e pedir que ligue pra x ou y, pra mim).

Fazia tempo que a gente não se via; não queria estar tensa e suja como estava, mas assim que era possível. Não pude contar pra ela, exatamente tudo que meu fudeu a cabeça neste feriado alucinado. Era informação demais, pouco digesta, e inadequada para um restaurante com mesas tão próximas umas da outras, e tão cheio de gente. Mas por cima, falei do grande susto.
Pensando bem, só não falei do leve trauma que ficou em mim. E provavelmente, isso vai morrer comigo.

Ontem foi noite de black, e eu não estava lá... Tenha tanta certeza que isso ecoou mais nela do que em mim. Tenho tanto medo que lea tenha tomado a decisão errada...

8:07 AM


 
Claro que eu tenho sentido falta de postar. Mas realmente, nada tem rolado a favor disso. Sem computador decente, sem tempo, sem palavras...
Ontem tive uma cobrança incisiva, do tipo "não abandona seu blog não... você estava lá dia a dia.." Ok, I'm back.


7:55 AM


quinta-feira, novembro 14  
Ando deprê mesmo, embora só reconheça isso depois de quase uma semana de estranhezas com o mundo.

É difícil pra mim reconhecer isso. E dividir ainda mais.

Estou progredindo.
Eu e essa minha dor, melancolia inevitável, contagiada pelos absurdos.

12:02 PM


terça-feira, novembro 12  
Rufam os tambores. Abertura cheia de glamour, Rodrigo maravilhoso adentra o salão. O coquetel já recebeu as grandes personalidades, quando o quarteto Pollock caminha em direção ao quinto elemento: Mônica. As vinhetas já estão no ponto e o erro do catálogo, já correu os quatros cantos. Ninguém usa o orelhão, saem sete drink's por minuto. O som está bombando, mas por enquanto, ninguém dança. Uma fanchona cinquentona, metida a cult, sai do banheiro, procurando o maço de cigarros na bolsa feia. Numa roda no canto esquerdo, duas bichas e um simpatizante (questão de tempo. e convivência), comentam o último 'nacional', armadas de malhas de tricô, e armações de óculos daquelas tipo Woody Allen.

As sessões estão atrasadérrimas, mas o desfile de caras e bocas estão bom demais pra que os convidados reclamem. A Bianca vem reservar seu lugar na fila da sala 2, e um ator muito simpático me distrai do horário. Dezoito vezes, repeti: "Não, não sou atriz, não. Atuei, mas não sou."
E já dentro da sala, o pescador agradeceu a todos (só esqueceu a mãe). Vi até o fim, e me mandei, cambaleando de sono.

Saldo final: surpresa de encontrar algumas mulheres: Daniela, (não a Fadinha, outra), Mi (amiga da Fadinha), Pacoli (idem..) e Mirtes (ex do meu ex, outros carnavais..).
Adorei ter encontrado, e definitivamente, ele é muito legal: o Lucas. Vencedor do gongo do ano passado (chique, né? Que nada, ele sereno e lindo).

Salvo as frescuradas, acho que vai ser muito bacana esse festival. Estou de uma perspectiva bem diferente do ano passado.
Veremos. O Cracker News volta na véspera da primeira exibição de "Pollock" (como nos referimos carinhosamente ao trabalho do Rô..).

7:10 PM


quarta-feira, novembro 6  
Meu desejo, que cada dia mais aparece em sonho.


Me perguntaram esses dias se nenhuma parte de mim lamentava partir, deixar as pessoas, e essa vida pra trás. Não. O que tenho que viver agora está lá. Minha sensibilidade aponta precisamente para fora daqui.

Hora de intensificar os post's do By Myself, away from home. Os passos decisivos do embarque e da estadia. A partir de domingo, quando faltarão 5 semanas.


9:02 PM


terça-feira, novembro 5  
Olhem só o que ganhei do Leãozinho Don Juan!!!

Apelo

Troco o burocrático pelo exótico
o automático pelo erótico
o patético pelo frenético
o prático pelo hermético

Troco a falsidade pela feracidade
a moralidade pela sinceridade
a trivialidade pela complexidade
a austeridade pela beldade

Troco a velhice pela meninice
a palermice pela maluquice
a chatice pela marotice
a mesmice pela meiguice


Não é um poeta de mão cheia? E eu fico toda encabulada de ser musa inspiradora...


11:38 AM


 
Delícia! Ontem teve o lançamento do clip da Laura Finochiaro. Foi muito gostoso... Fui com o Rô, e encontrei o Chica.
Só gente linda, e música boa.

"Te vejo na TV, e você não me vê...(...)
Realidade, ficcão...
Ilusão..."

Um pouco pop demais, é verdade. Mas ela pode...

11:12 AM


segunda-feira, novembro 4  
Muitas emoções pra postar, pra pouquíssimo tempo. Voltou quando puder. Isso deve ser lá pra quarta...
Tomara que antes. Aqui faço um pouco da digestão de tudo..(!)

8:15 AM


sexta-feira, novembro 1  
Pra você ver como são as coisas: Mamá acaba de ligar, e depois de mais de mês sem nos vermos, estou indo tomar um cerveja com ela.
4:39 PM


 
Ando muito pouco virtual... Fatos que exaltam minha humanidade, aconteceram com mairor intensidade de quarta-feir pra cá. Fui pra Black, mas voltei cedo pra conseguir trabalhar legal ontem. E que presente dos céus, uma história de ponto facultativo, me liberar de trabalhar hoje... Saí, ontem, claro.

Ouvi muitos elogios na quarta (do namoradinho da Jô), e de um cara com quem sempre convivi, mas nunca dialoguei. Dormi me sentido bem. Os músicos são realmente um caso a parte... Acreditem se quiser: dei um beijo hétero, e foi ótimo. Pudera, ele é muito sensível, charmoso, delicado. Fora o meu irmão de criação, o Ri, há muito tempo não beijava uma boca masculina.
Pensei nela, claro. Mas tudo bem. Uma coisa não tem nada a ver com a outra, e a vontade de vê-la e estar por perto, continua aumentando. Saudades, viu, querida.
Tenho passado muito tempo com a Jô, o que é vital para conseguirmos que ela sobrevoe o oceano atlântico comigo. Estou ansiosa para o festival, e para o fim das aulas. Vida universitária tem muitos momentos de bosta, mal inevitável.

Enfim, somos penta campeões, o Lula está no Planalto, tenho o que comer e onde dormir, todos os dias. E nada disso me resolve.

4:27 PM


quarta-feira, outubro 30  
ATENÇÃO COMUNIDADE DO BABADO, APRECIADORES DO FESTIVAL E AFINS:
Sairam as datas e locais do festival!!!
Faltam duas semaninhas, pra o glamour do Rodrigo se concretizar. Não paro de imaginar tudo que fizemos na telona... Será emocionante, sem dúvida. Espero que todos estejam se preparando psicologicamente, pra me ver de barriga de fora (viu, irmãzinha?)...
A sessão de estréia será num sábado: sem desculpas pra não irem, tá?
Mais notícias, deêm aquele navegadinha no Mix.

Ass: J. Mayer


9:55 PM


 
Ontem, minha aula terminou mais cedo, na medida pra eu repor as energias deixadas no clube. Odeio meu computador doente de novo, me impedindo de postar e mandar mensagem pra Rosana.
Hoje vou só passar na balada, pra ver a Lud, usando meu presente. Ele me intimou a não fazer essa desfeita, e preciso mesmo encostar a Joana na parede: afinal, ela vai pra Itália ou não???!!!

10:12 AM


terça-feira, outubro 29  
Tempo de sobra, mesmo, ninguém tem. Mas especialmente estes últimos dias, tem me faltado ainda mais.
Minha concentração está no ápice, e ontem tive mais uma prova disso. Numa tacada só, duas pessoas que há tempos não tinha notícia, e que tinha pensado de manhã, fizeram contato. O Jonnes ligou, e a Mi apareceu lá no clube do whisky (meu mais novo programa às segundas-feiras). Continua linda, envolvente e noiva. Me aumentou a saudade do Pi (o noivo genial).
A Moreninha foi pra casa, mas não é por nada não, não fez falta. A Lud adorou a blusa, o presente de feliz tatuagem nova. Realmente, com todo respeito, com ela dentro.. um absurdo. Por consequência, também fiquei muito feliz. Acho que só agora vou sossegar a alegria de termos, afinal, nos tornado próximas. Ludmila e eu, há uns 5 anos, vamos em diversos lugares em comum, temos vários assuntos em comum, e vários amigos, também. Para ambas, a Joana em especial. Mesmo assim, nunca nos aproximamos; sempre curtindo juntas, só se houvessem outros intermediários. Recentemente, inaugurou-se uma nova fase. Rimos, compactuamos, planejamos e rimos mais um pouco, juntas, sem outras pessoas, e sem clima tenso. Acredita que a Mi, pensou que eu tivesse tido caso com ela?? "Pensei, ué, nunca vi vocês assim, tão a vontade uma com a outra..." É, faz sentido ela ter pensado isso. Todo mundo sempre nos viu sentadas juntas, mas nunca rindo e se divertindo. Éramos grandes conhecidas, mas não abertas uma a outra. Falamos de tudo. E por mais que a orientação dela seja a trivial, foi ótimo falarmos de sexo.
E tendo em vista, essas emoções todas, pudera a Joana não ter feito falta.

Na sessão remember com a Mi, ela me apresentou uma opnião sobre seu próprio nome, que nunca tinha me dito... Michele... Michele... Realmente é nome de G.P.
Ela já sentia que eu estava me envolvendo. Contei rapidamente as últimas, ela comentou da Mamá, falamos dor trios que circundaram nosso passado. Foi uma conversa exctasiante.
Depois que eu acabar de digerir tudo que permeou minha noite, volto ao documentário...

9:02 AM


domingo, outubro 27  


O barbudo vai lutar pela gente, mulherada!

12:35 PM


sexta-feira, outubro 25  
Finalmente... Essa semana foi mais longa do que devia. Não vi muita gente, mas vi muitas outras. Estava planejando comer no japonês, ms acho que só amanhã... Minha boca ainda está sensível (Dentista ontem... para evitar meu pavor normal, tomei logo três anestesias...).
11:18 AM


quinta-feira, outubro 24  

Tema de hoje: "O Eu Holográfico"

Para ver-se em diversas cores, projetando no nada, si mesmo em três dimensões.
A Holografia permite descobrir falhas na estrutura do objeto retratado. Na Itália, hológrafos utilizam esta técnica para a restauração de quadros renascentistas.

Se eu fosse hológrafa... A Avevida Paulista viraria um cenário: Fadinha no País das Maravilhas.



10:35 AM


terça-feira, outubro 22  
Minha irmã sempre diz que esse blog é muito ermético, e não se entende nada da minha vida do jeito tão subjetivo que eu conto.
Só quem acompanha de pertinho, consegue traduzir as expressões. Eu sempre respondo que tudo bem, que meias palavras são suficientes, e sensibilidade aguçada é premissa para entender esse Show.

Dessa vez então, vou misturar o explicíto com a cumplicidade que há entre mim e causa de tanto o que dizer:

Nessa estrada, não há mais retorno. Vivo apreensiva com a próxima curva, me guio sem tirar os olhos o retrovisor.
Sim, eu diria se estivesse no altar.
Depois de anos assim enfurrujada, nem me lembrava como era...
Estou encantada, sem dar nome ao sentimento. Uma forma da amar.
Meus comentários não deixam mentir... Os escrevi sem pensar, no impulso.
Costumo controlar meus dizeres, mas desta vez é diferente.
Não estou construíndo nada que não seja plenamente eu.
Assumo o risco, arrisco o mundo.

De peito aberto, como nunca antes.

Eternamente grata, ao que me reservaram...
Desejo à todos, o encanto do reencontro.

Sou muito feliz, melancolias à parte.
Sou muito poetisa, friezas à parte.
Sou muito normal, deja vu's à parte.
Sou muito bruxinha, ceticismos à parte.


10:21 PM


sábado, outubro 19  

É não é que esfriou mesmo?
Ontem, na volta da procura com a minha irmã, dei aquela postadinha inevitável.
Mas ainda não tinha tido tempo nem silêncio suficiente, para digerir o que realmente foi o tal entretenimento.

Há quanto tempo aquela sensação, que ainda soa em mim, não vinha me visitar...
São raras as cenas que se fossem congeladas, para mim, estariam fielmente representando, o meu papel nesta passagem por aqui. Onde e quando estou, feliz por existir e me comunicar com outros espíritos.
Ontem eu vivi mais uma dessas raras e por isso tão belas, cenas de plenitude.
Hoje amanheci com o gosto da satisfação: de viver, de amar e ser amada.


Estou me embriagando de sorvete, pra curar a ressaca de tanta emoção.

5:13 PM


 

As fotos ficaram lindas, e quem deve ter, já tem cópia.
Adorei a Mi (não a minha irmã, a que era parecida comigo), a sakerita, e o Monólogo (dei muita risada!!!).
Resisti árduamente a fazer mais furinhos...
E quem não tinha nenhum... soltou o grito, e agora tem logo três para manter limpos. Coragem mesmo.

Tomara que amanhã faça frio. Na minha gaveta só restam meias de lã! Exagero meu, mas um capuccino ia bem...

1:52 AM


 
Meio danada, meio domesticada
Meio ativa, meio aérea
Meio nova, meio noturna
Toda inteligente, toda indescritível...



1:41 AM


quinta-feira, outubro 17  
Deixei os negativos pra ampliar, e aproveitei para almoçar (hoje também sem aula).
Cezánne está na cozinha (mamãe encaixotou ele todinho, separando por cores!!!!?).
A Fadinha deve estar por aí, voando e espalhando seu pózinho de pirlim-pim-pim.

Me divido entre ficar em casa, e sair pra pegar essa chuva gostosa que está pra vir...
Me divido em mais partes do que imaginam,
como um quebra cabeça em diferentes caixinhas...
Meio Cezánne, meio Mulholland Drive.


3:00 PM


 
"É hoje o dia.... da alegria...!!!"
Fazer minhas cópias das fotos, montar um pouco do quadro do Cezánne, e encontrar a Fadinha!

Muito bom e muito simples. Assim que eu gosto.


8:19 AM


quarta-feira, outubro 16  

Decretei feriado...



Depois de trampar de manhã, claro. A piscina do Di é uma preciosidade... E pra ficar melhor, ele tirou fotos da nossa tarde. Revelamos, e ... fantásticas!!!
Abelhas, uma gata, um cachorro e eu. Vou providenciar colocá-las aqui.

Nadar e tomar sol cansa... De novo jantei sorvete. Chuveiro e cama.

(Ontem, depois do barzinho com a Mama, fui dar uma volta com a Jana, e descobri detalhes da traída...)

7:57 PM


terça-feira, outubro 15  

Parabéns pra minha mãe!!!
É, hoje a pessoa que me abrigou 9 meses, cuidou de mim (ainda deixo cuidar um pouquinho, senão ela pira), e segurou altas barras do meu lado, completa cinquenta anos... De muito astral e plena lucidez.

Valeu Mama mia. Você vai dar uma avó e tanto.


4:12 PM


segunda-feira, outubro 14  
ATRAVESSANDO POLLOCK
GOING THROUGH POLLOCK
(Rodrigo Garcia Dutra, 2002, Brasil, vídeo, 12 min.) Manú e Jú
Um lesbian drama é o estopim para uma experiência estética através de um quadro de Jackson Pollock.
A lesbian drama lights the fuse for an aesthetic experience through a painting by Jackson Pollock.

É isso aí! Foi publicado! Mais e mais parabéns pro Rodrigo...


E pra quem quiser conferir no contexto, entrou para o Línguas do Meu Corpo.


8:54 PM


domingo, outubro 13  
IN: Casa do Rodrigo

Nosso realizador vai fazer os contatos, pra descobrir porque que nosso querido audio-visual ainda não foi pro site.
Enquanto isso, uma pitadinha de mix pra vocês...
Reparem que a mão direita é dela mesma, e a esquerda não...

7:52 PM


 
Vi só? Sem a menor intenção, todo mundo dá o cano de vez em quando...
Estou sonhando acordada, com sentir beijar-me o rosto, uma brisa urbana da nossa avenida, e você...

As deusas parecem gostar que a gente se encontre aos domingos. Por que será? Só sei que a semana começa muito bem assim...

6:07 PM


 
Ontem foi msmo um dia longo. É claro que só metade das coisas sairam como o previsto, mas faz parte.
A galeria estava fechada (feriado...), continuo com o piercing sem fecho.
Fui dar uma passadinha na Jô, e fiquei até umas 10.
Eu ia ganhar um pouquinho de pó de pirlim pim-pim saindo de lá, mas por um motivo ou outro, acabou que fui pra casa da Alice. Encontrei minha irmãzinha, um pavê delicioso (valeu, Heleninha!), e o Ricardo Delícia (que aliás estava com tanto fogo no rabo que me jogou num colchonete e fez a cena clássica das estocadas... Para o leve horror dos demais presentes).
Fiquei cochilando pelos cantos enquanto o povo jogava imagem e ação . Logo eu que adoro esse jogo.

Minha cabeça estava muito longe... A trilha sonora me ajudava a voar, e de novo a mesma pergunta...

Martelos na minha cabeça. O mesmo questionamento, e uma dor que me vem raramente...
Já aprendi que o melhor jeito de lidar com ela, é ficar fazendo outras perguntas, mais simples.
Juntando as respostas simples, me ajudo a continuar o quebra -cabeça.


E por falar nisso... Cheguei em casa verde de sono. Mas de repente, vi no sofá, uma coisa que me despertou!
Meu presente de dia das crianças!!! Um quebra cabeça de 1500 peças!!! A-do-r-o quebrar a cabeça com as peçinhas... Várias texturas, cores, tons... Uma piração-terapia deliciosa! Gosto muito das paisagens européias, mas esse é uma mistura de quadros de Paul Cézanne. Um pintor francês, mais informações com a Giulieta...( Uma das telas em fusão do meu brinquedinho novo, eu tinha postado no blog da Mamá).

Fiquei fazendo a triagem das peças (o começar da brincadeira não é tão legal...) até umas três, quando os olhinhos já estavam colando...
Sonhei gostoso, mas não me lembro. Fui encher a cara de sorvete na minha outra casa, voltei e montei mais um pouquinho.
Vou pro Rô daqui a pouco, e espero não voltar direto pra cá. O restinho do domingo é sempre sagrado...


5:49 PM


sábado, outubro 12  
Matei quem estava me matando. Muita saudade...
No termo mais simples: fui tomar uma cervijinha no começo da noite com a Jô.
Sintonia afiada, papeamos e rimos muito gostoso, entre os goles, os tragos e as intervenções.
Sempre com um pézinho "no futuro que nos está reservado".
A frase da noite, não foi, Lud? Muito bom, adorei, minha velha nova amiga.

E dando continuidade aos eventos: casa do Rô, galeria, casa da Jô, teatro, cama.
É, esse dia ainda vai longe.....

2:10 PM


sexta-feira, outubro 11  

Puxa... Não ficaram felizes pelo Rô, por mim, por todos nós?
Ânimo, minha gente! Festival dos bons, e estamos lá!!!

Eu, particularmente, semi nua na telona (babado fortíssimo!).


4:54 PM


quinta-feira, outubro 10  

Gente, gente, parabéns pro Rodrigo!!!
Não é aniversário não, é que o filme dele foi selecionado pro Festival Mix Brasil!!!
Ô rapaz talentoso... Não precisava do festival pra provar isso, mas o fato é que todo mundo, e exaustivamente ele, se esforçou pra isso acontecer.

Mais duas gentes muito boas tiveram suas produções escaladas para exibição. Uma super amiga da Fadinha e do próprio Rô, e a minha grande amiga argentina, que esteve em casa na semana Gay deste ano.

CINDY B
IDEM

(Patrícia Colli, 2002, Brasil, vídeo, 16 min.)
Uma adaptação trash de Cinderella na qual tudo pode acontecer.
A trash adaption of Cinderella where anything can happen.
(esse tá no programa Trash-o-rama)

NÃO ME VENHA COM ESSA
PLEASE, REMEMBER ME DO NOT MAKE ANOTHER LITTLE PINK PUSSY STUFF WHEN I’LL MET MY NEXT DECEPTION

(Rocio Fernandez Collazo, 2002, Argentina, vídeo, 12 min.)
Uma lésbica punk e uma dark conversam sobre namoradas enquanto fumam maconha e esperam por Lorena...
A punk dyke and a dark dyke have a conversation about girlfriends while they smoke some pot and wait for Lorena...
(e esse, no Mapa das Minas)

O Nosso vídeo (afinal, várias pessoas inclusive eu, viabilizamos a realização do Rô) ainda não está no site do festival, mas assim que entrar eu coloco um link aqui, pode deixar. Entraremos no programa Línguas do Meu Corpo. Depois trago o título do vídeo... Só pra fazer mais um pouquinho de suspense...

Comunidade do babado: uni-vos para prestigiar o Festival!
Parabéns pra todo mundo, e nos vemos nas exibições!!!


6:49 PM


quarta-feira, outubro 9  
Yupiii! Foi só me concentrar, pedir, e pluft! O bichinho tocou. Era você.
Está feita a reserva, moça. Dia e hora marcados, flexíveis aos imprevistos.

8:04 PM


 
Saldo parcial do dia: Um come da chefe (cujo o noivo não satisfaz), muita fumaça (entre uma aula e outra) e chuva de verão (deliciosa! fiquei pingando...).

Ainda espero mais.

7:27 PM


terça-feira, outubro 8  

Pensei sobre isso o dia inteiro. Não só isso. Mas em tudo a que nos remete.

9:21 PM


segunda-feira, outubro 7  
It all make sense now...
A can make a time that doesn't exist.

Make a wish, enjoy when I'm here to realise.

I think you understand, but how can you now what's going on inside my head?

Why we feel like explain, why we can't meet each other?
I'm afraid to go thru, there is more mistery then what I was waiting for.

Just one time to breath, and take out for a little while, my always-look on you.

9:38 PM


 
Hoje o dia começou estranho... parecia domingo. A padaria meio vazia, nenhum ônibus passava no ponto, uma manhã mais clara...
Só acreditei que o mundo continuava o mesmo, quando mudei a trilha sonora, ao entrar no segundo bumba.

Já no trampo... Você acredita que o gatinho de olhos azuis pediu meu telefone? Demos muita risada, eu e meu único amigo de lá, pelo icq, claro.
Não encontrei a doidinha do Pedra Branca. A menina se fez tatuagens; no braço, no tornozelo... Uma coisa de louco.

Quando desci, em movimentos automáticos da rotina, atravessei a rua, passei pelos orelhões, pelo ponto de táxi, e andei mais uns 5 metros. Aí, exatamente aí, parei. A música que tocava era "who told you" (tinha acabado de trocar o cd de novo).
Fiquei uns 4 segundos parada, um transeunte de terno meu ultrapassou pela esquerda, um velha gorda pela direita, e fiz a meia volta. Os taxistas olharam torto, o cara no orelhão também, e fui descendo a rua, lembrando dos tempos em que eu morei naquela quadra. Foram tempos muito bons, eu pensava.

Como os estalar dos dedos na hipnose, ergui a cabeça, e abri um sorriso... Estavam me chamando... Tirei os fones do ouvido pra não hesitar nos alongamentos, e fui sendo tomada por aquela sensação gostosa, igualzinho da outra vez. Não tinha mais aula, nem relógio, nem mau nenhum no mundo. Eu colhia uma perfeição da natureza, como uma formiguinha, na cadeia alimentar do bem.

Um telefonema macio, manteve meu bom humor até a aula derradeira. O Di me deixou em casa, e agilizei correndo alguma coisa pra comer. Comecei esse post enquanto a comida descongelava.

Adivinha? Lei de Murpy, meus caros. Hoje fez muito sol, segunda-feira, sabe como é que é...
Estava desligando a máquina, e o bichinho tocou outra vez.
- Tudo bem, claro. Sem problema algum.

Não saí. Continuo aqui, postando...

E é verdade, não tenho pressa. Só não sei o que fazer com as frutinhas, e comigo, assim.
Queria entender... O universo parece estar na dúvida se conspira contra ou a favor.

Amanhã quem não pode sou eu, não vai ser moleza esperar até sexta. Quarta já está aí, mas a larica não resiste nesse calor...
Angústia boba, bobeira minha. Trabalhando, dormindo, estudando, escrevendo, o tempo voa. E danem-se, são frutas, ano que vem tem mais.
Presencialmente, até sexta então. Te vejo virtual mais tarde?



7:41 PM


 
Ontem não tinha cabeça pra postar a noite de sábado, tão cheia de prazer.
Mimi e eu desvirginamos mais um ser humano, nos orgasmos que a culinária japonesa proporciona...

Sushi, sashimi, califórnia, sakerita e tempurá de sorvete.
E wassabi, claro, porque ela já está bem grandinha pra ser café com leite! (valeu, Weno! Não esqueço mais, viu?)

Até aproveitei que o Seu Mário tava lá ("Porque todo japonês chama 'Seu Mário'...?" hahahahaha!!) e sugeri deles começaram a fazer hot rolls.

Adoro aquele lugar!!! A Mimi ter aprendido a gostar também, foi um ótimo presente da vida. A companhia oficial para esse tipo de deleite.

8:29 AM


domingo, outubro 6  
O domingo foi especialmente cinza. Ainda estou um pouco chocada.
Uma bomba ontem, outra hoje. Gente querendo nascer, gente querendo morrer.
Se a mente do ser humano estivesse em ações, estariam muito em baixa.
Eu costumo comprar ações em baixa, e fazê-las crescer, com um pouquinho de mágica.

Sem falar do desencontro, ainda não esclarecido...
Tudo bem que o caminho que as coisas tomaram,
"justificou" a mudanças de planos.

Mas... puxa vida! Justo quando consegui dar uma passadinha na floresta e pegar mais umas amorinhas...!
Não eram muitas, verdade, mas estavam docinhas... Uma pena.

Por onde andas?
A dúvida é em mim um tormento;
o cansaço anestesia, dissolvo meu lamento.
Vou fugir, para o Sonho de uma Noite de Verão.



11:49 PM


 
Sempre, quando as coisas na minha vida começaram a acontecer com perfeição,
achei que certamente, um tempo depois,
me estavam reservadas grandes tragédias;
pelo simples princípio de equlíbrio que é a vida.

Mas não é bem assim...

(Vim postar, bateu "A" inspração, e acabei escrevendo o e-mail pra Rosana. Continuou a partir disso que tá aí em cima, mas claro que o resto não cabe por aqui. P.S.: Não é pra entender, abstrai. É só pra mim, mesmo.. )


...foi difícil votar... deus não é democrático.....

11:04 PM


sábado, outubro 5  
Meu sábado saiu do programa logo de manhã. Leventei às 8, espontaneamente.
Fiquei enrolando pra comer, até confirmar minha hipótese:
em 90% dos casos em que tudo perece perfeito, o acaso e os imprevistos sempre fazem uma visitinha...
Não fui caminhar no parque, mas ajudei minha Mama.
Hilariante, foi ela tentando convencer o cara da telefônica que veio aqui consertar, a não votar no Maluf.
Mãe militante é engraçadíssimo...!!! E muito legal, também.


*

Adorei ter conseguido mexer no meu template! Tenho mais mobilidade pra deixar esse espaço, parecido comigo.
Pergunta: o meu email tá muito escondido? (Não é pra fazer marketing, mas as pessoas tem que achar se quiserem... )

1:55 PM


sexta-feira, outubro 4  
Foi assim que dormi, sem muitos sonhos. Me lembro de um só. (...)


Amanhã o dia será ótimo, vou pedir pra São Pedro, um belo céu azul.

E me preparar para eleger, quem já tem meu voto há tempos.
"Onde é o botão de confirma, moça?"

Só pode ser no primeiro turno; só há uma candidatura em jogo.
...

10:15 PM


 
Ainda não dormi...
Ontem aconteceu um grande reencontro. Eu, e mais uma dúzia de pessoas, ficamos emocionados, por viver sensações e lembranças coletivas de 5 anos atrás.
Nada melhor para comemorar o aniversário do KVA (pra quem não sabe, fui afilhada dessa casa dos 14 aos 17, e ainda resta um pouco da mágica), do que a formação original da banda que inspirou todas as outras que apareceram.

Que flash back! Estava tudo lá. A única diferença foi que eu bebia água.

Mesmo de plataforma, dancei gostoso com os mais chegados e as mais íntimas. Tinha me esquecido como era bom... Ouvir a letra ao pé do ouvido, trocar olhares com o palco, fechar os olhos e deixar ser levada, ou conduzir...

Teve até a Simone Soul, que tocando um absurdo, amaciou a galera.

Um obrigada especial pra Jô e pra Lud, quer produziram a noite, linda como foi. Pro Tutti e pro Henrique, que tem seus dedinhos na realização de um ambiente tão gostoso. Para os músicos (o que inclui a Jana), que nada não, delícia, viu?

Muita risada, muita endorfina. Saudades...

"Porque você demorou a chegar, eu contei cada segundo,
cada minuto é o fim do mundo, se você demora tanto...
Perco o encanto se você não vem, mas a solidão me inspira...
Eu canto quando, não posso vê-la, como alcançar uma estrela...

Lua, menina, estrela, mulher
Sol de Leão te chama...
Se está sofrendo, venha correndo,
pros braços de quem te ama..."


E por aí fui, até agora pouco...

8:29 AM


quarta-feira, outubro 2  

... larica de fadinha... colher com carinho as deixa ainda mais doces...
Pena é não poder ver os lábios manchadinhos...

7:20 PM


 
É assim mesmo...
Cumprindo a sentença, calada.

8:31 AM


segunda-feira, setembro 30  

5:18 PM


 
Sempre fui observadora, isso é verdade.
Mas uma percepção ainda mais aguçada tem me acompanhado.
Não posso explicar. A justificativa não tem validade se não acreditarem.
E esclarecer as razões das atitudes e sentimentos (além de humano demais), não os faz mais verdadeiros.

Quando me inspiram, não há distância nem tempo que dissolva o vínculo.

Sensação de que estou partindo, justamente quando achei o que nem sabia que estava procurando. Ou fui achada...?

I'm going to fly away. But you will save, all the special energy that you bring into the this simple life.
When I come back, you will see trough my eyes, the world where we have meet before.

The wind is flowing slowly now. My mind can feel our vibe growing up. It's one kind of love. Our smiles, our linguage.
Sleep with anjs, dream with your past. Lot of the sense is there...

(And is time to you to have my image).

12:23 AM


domingo, setembro 29  
Tomara que eu acorde inspirada como estou indo dormir. Razões tenho de sobra, explicações para isso, só uma.

"Existem dois jeitos de viver. O primeiro, não acreditando em milagres da vida. O segundo, acreditando que todas as pequenas coisas da vida, são milagres" A. Enstein.

Não sei se são exatamente essas as palavras, mas é bem essa a idéia.

1:40 AM


 
Balada ótima. Fui com os calcanhares, como a muito tempo não fazia. Numa turma que o acaso formou, me entreti loucamente, completamente sóbria. Todos os aditivos (mojito delicioso!), não surtiram efeitos. E não fizeram falta.
Eu tinha um motivo tão lindo, que a consciência na se alterava com nada. O delírio era acreditar como tudo tão simples, me satisfazia plenamente.

Entreguei o que lhe pertencia, sem muitas revisões. Costumo rever bastante antes de compartilhar esses pensamentos tão verdadeiros. Mas dessa vez, não tinha muito o que mudar. Estava tudo ali, embora eu sei que uma parte, não te faça muito sentido... ("que jejum?...")

Acordei com a irmãzinha que veio fazer uma visita espontânea, e peguei carona para ir arrumar minha nova velha casa.
Tomei um banho rápido, para ir provar a tempo, o melhor capuccino da cidade...

E toda correria, tensão de encontrar o lugar, receio de não chegar numa boa hora, tudo foi pro espaço.
Bastou ver o sorriso surpreso, para sentir como vale a pena.
E ainda, só gente do bem circula ao seu redor.

Uma casa de pessoas sinceremente talentosas; uma desistência de quem precisava de repouso.
Dei mais presente de São Cosme Damião, e fui pra casa do Maia e do Rô, ver como estava indo a edição do curta.

Demais!!! Muito bom ajudar esse rapaz querido, a realizar esse sonho.

Muito bom saber que as gotinhas te energizaram.

Dia de folga... Vou dormir, pro tempo passar rapidinho.






1:29 AM


sexta-feira, setembro 27  
Yhupiiiiiii!!!
Mais uma semana de trabalho se despede, com ótimas expectativas.
Na verdade as obrigações ainda não acabaram, mas tudo bem. Agora eu tenho uma mochila em prol das minhas costas, e um lindo cd novo pra degustar...
Não conheço os caras, o que é muito bom. Pelo o que eu entendi, são esses aí...


4:57 PM


quinta-feira, setembro 26  





Mais novidade! A surpresa foi revelada...




Esta é a mão do Marco, daqui mais uns meses...






É menino!!! Bem que a Pisciana falou...
Não importa o sexo, mas a existência. O milagre mais esperado dos últimos tempos.





Agora, é torcer pra que eu consiga ficar até o grande dia...!




O sonho de vê-la mãe, mora em todos que a querem bem... E não são poucos.



10:40 PM


 
Cracker News: O BLOG DA MAMÁ TÁ PRONTO !!!
Visitas são gratuitas, mas para fazer contato, é necessário passar por uma seleção...

Inscreva-se já, no espaço para coments, declarando:
Currículo completo, foto de corpo inteiro, atestado de antecedentes criminais, teste da capacidade de estralar ossos e cartilagens, e ainda, uma carta de referência assinada por um membro da Seita Regan Bobou's.

Não serão aceitas, mulheres que não gostarem da cor bege (a glamurosa Nira, está na banca dos jurados!!!)

9:53 PM


 
Ás vezes o tempo pára, e a gente pode ficar ali, só com os ponteiros da emoção.
Vivendo todo o prazer do mundo, num gesto simples e sincero.


somos nós, nos meus sonhos...



Ando carente. Nos últimos dias, nas últimas semanas...
Eu tinha essa imagem impressa, mas nas mudanças, se perdeu.

Uma das fotos mais bonitas e perfeitas que já vi na vida. Sem exagero.
Compartilho aqui, até para comemorar um reencontro delicioso (psicológicamente falando) que vivi esses dias...


7:27 PM


quarta-feira, setembro 25  
ATENÇÃO, BOLACHAS E BICHAS DE PLANTÃO!!!

NÃO PERCAM O LANÇAMENTO DO BLOG DA MAMÁ!!!
A Lady Lasanha vai ter seu próprio espaço virtual.

Já estão confirmadas as presenças de algumas celebridades..... Nira!!! E o resto é fichinha...

Não percam: a partir de amanhã, Maroca by Cracker vem aí.
Confiram o endereço aqui, a partir da meia noite!

8:21 AM


domingo, setembro 22  
Sem que eu declarasse um momento de observação, veio surpreendente, o humor e a beleza intocável. Os presentes sonoros me encheram os pulmões da inspiração. Nem pude me convencer de primeira, da sintonia entre a gente, que você trouxe à tona.

Papeando sobre expressões, fiquei apreciando uma determinação inédita.
São muitas as cartas que a vida trás na manga.

E ainda sim, o jogo é justo. Quero mais é brincar mesmo! De viver, de se entregar.
A gargalhada saíndo verdadeira...
A satisfação que eu levo pro sono, depois do banho de presentes em forma de acasos...

Descanso merecido.

6:08 AM


 


Sou como uma ruína.
Os desgastes são cicatrizes da História, cada erosão uma vivência pra contar.

5:50 AM


 
Nem sempre pode-se dar um cavalo-de-pau; o retorno é inevitável...
Valetas e solos de Slash, podem sacudir nossos corpos, involuntariamente.

5:48 AM


sábado, setembro 21  




Efeitos da primavera

Muito pouco de mim, restou depois da sua partida.
O tempo me deu uma sentença árdua,
e de lá pra cá, mais emoções do que posso contar,
me assustam, me projetam para muito longe.

A memória sacaneia mesmo, sempre para melhorar
a dor que me ficou, da mágoa sem remédio de perder-te.
Se até um trabalho eu fiz, pode julgar:
"Julie was her name" é o som do momento.

Não sou capaz de perder o controle, eu arrisco.
A minha transe paralela já passou, toda aquela piração.
Os dias em mais notas e brinquedos, do que deviam.
O exctasy de cada nascer no sol mora em mim.

Eu ingeri, de todos os lados, os mais persuasivos.
As sensações passadas vem me visitar, insólitas
por onde fui e estou circulando, às vistas...
Conhecida por não deixar barato, deixei o meio.

Vira e mexe pinta uma lembrança, colorida
na tela dos anos dourados, duradouros.
Elas sempre estão lá, encarando e sorrindo
como quem pede, e depois recusa, o beijo dos anjos.

Os dias de glória já satisfazem pelo que ainda está por vir,
porque o 'será' não existe; o 'estará' nos responde bem melhor.
Os vínculos não estão à disposição quando precisamos,
e nem isso nos tira a sobrevivência: só, como missão.

Onde ela dorme, eu escrevo.
Onde ama, eu amo.
Onde ela relaxa, eu planejo.
Onde sofre, eu caminho.


"write a song i'll sing alone..."


10:14 PM


 
Ainda resisto em acreditar que hoje não é domingo... Só vou me convencer daqui a pouco, a praça não deixa dúvidas. A composição, fica pra volta. Ainda preciso da confirmação do vento, soprando nas mechas do cabelo curto. Não me demoro, a não ser pelos encontros e desencontros.
3:14 PM


 
Que soninho! Sempre um motivo diferente... Casamento de filha de vizinha...
Agora posso ir dormir: esperava minha mãe chegar de um.

A produção feita até essa hora, será publicada quando eu acordar. Digerir e sintetizar. Estará a minha primeira partilha pública.

Espero já estar nutrida para sonhar. Nem vi a lua hoje, será que já está completa? Nossa noite com holofote. Amanhã o dia está cheio de expectativas. Meu corpo deve estar cansado com esse não dorme, acorda, dorme, acorda de novo, dorme de novo. O portal de ontem e do dia seguinte, está no tapete ao lado da cama. Basta pisá-lo para inaugurar ou finalizar mais um dia.

Foi a segunda vez no mês, em que o recesso aconteceu. E que não se repita. Os efeitos ainda me assombram.


4:23 AM


sexta-feira, setembro 20  
Que rumo? Me levo, me levam.
E num piscar, fui irresponsável. Sintia-me muito mal quando saí da casa da Jô.

Estou melhor. Graças ao leoãzinho e à ela. Gente especial, que está por perto quando a gente precisa.



4:09 PM


quinta-feira, setembro 19  
Esse é dos preferidos dela... Ótima escolha!


Talvez eu estivesse esperando uma ocasião especial pra dizer isso. Mas tinha me esquecido de uma das primeiras lições...
Acordar com vida, poder falar, fazer as pessoas sorrirem... Já é uma ocasião especial, estar nesse planeta.
Qualquer mate com leite é uma ocasião muito especial.
(guardo aquele canudo verde até hoje...)


Obrigada, querida. Por ter dado atenção aquela estranha...
Claro que você pode duvidar. Mas eu tinha muita certeza que devia entrar na sua vida, e deixar que você entrasse na minha.
Eternamente grata.


5:24 PM


 
Dicas... A vida nos dá uma melhor que a outra. Se a gente conseguisse aproveitar todas...

Ganhei uma ótima dica! Um site com coisinhas lindas...
Vou usar aqui, podem esperar...

5:14 PM


quarta-feira, setembro 18  
Queria mesmo, era pegar na mão dela, e voltar para o meu planetinha...
(aqui tinha uma figura, agora à disposição, permanentemente... adivinha?)

Uma ida sem cometa de volta.

Sei que em algum lugar do mundo, existe uma rosa única, distinta de todas as demais rosas.
Feita da pura delicadeza. Inofensiva, mas não inocente.
Só ela saberá reciclar a minha alegria, e despertar o calor dessa alma velha, madura, como preferir.


No meu reino as palavras são efêmeras.
Às vezes o sorriso me falta por causa disso. (Como fica a poesia?)

Não importa de onde ela veio, e nem pra onde vai. Ela já espera que a existência crie seu sentido. Eu espero poder mostrar, que as respostas já foram criadas, para as questões que ainda não fizeram.

Eu quero entender porque a demora me incomoda, se o tempo é só uma invenção.

Parece que elas me persuadiram a acreditar nesse limite.

8:21 AM


 
Tão vasto e belo, é meio cruelzinho esse mundo... Queria era o sonho da minha irmã... Alguns passos entre Grécia e Japão, um pulinho do Brasil pra Escócia.




8:17 AM


 
Puxa, eu ia postar... Mas tudo bem, aprendi uma porção de coisas novas... :o) !

"(...) porque os mistérios dos livros, nos fazem querer entender todos os da vida, como se fossem ficções.
Imutáveis e cronológicas.(...)"

Ainda bem que não são, né?

12:38 AM


domingo, setembro 15  
Pelos corredores das vidas.
2:42 PM


 

Entendem minha inquietação? É muito para o meu coraçãozinho. Mas eu aguento. Certo?

2:22 PM


sábado, setembro 14  
Talvez se eu saísse pra dançar...


7:11 PM


 
Estou assim. Me arriscando, mas não sozinha.

6:52 PM


 

De de costas para mundo, seus eventos e tensões...

6:49 PM


 
O que será que ela tá olhando...?
A passagem secreta que leva as fadas para o mundo dos humanos?

Ei fadinha, dá um pulinho aqui pra me ajudar, vai?

6:46 PM


 
Julie London... O mais nobre sofrimento... Só ouvindo.


Cry Me A River

Now you say alonely
you cry the long nigth trough
Well you can cry me a river
Cry me a river
I've cry a river over you

Now you say I'm sorry
for be an so untrue
Well you can cry me a river
Cry me a River
Cry me a River
I've Cry a River over you

You drove me, nearly drove me, out of my head
Weel you never share a tear
Remember, I remember all that you said

Drove me, love is true, will be it
Tould me you will trough with me...

You say you love me
Well, just to prove you do.

Camon, Cry Me A river
I Cry Me A River
I Cry A River over you

I Cry A River over you

Na verdade, a melancolia na medida certa é uma arte. O que precisava mesmo era um banho numa dessas, e ela do lado.



Pra me fazer um carinho na cabeça e cochichar no meu ouvido: "que bom que você tá aqui..."







Sem fome, nem sono, nem frio. O que me incomoda então? A ausência. A distância. A apatia...






Com o coração em banho-maria, sinto que recomeço minha jornada pelas pessoas...


5:46 PM


 
Faz tempo que não venho aqui, deixar um pouco do meu estado de espírito e provocações de sensação...
5:08 PM


quarta-feira, setembro 11  
Atenção para o cartoon comemorativo!!! Ah, se eu desenhasse...

Gente, não sei o que aconteceu... Acho que o lugar onde o cartoon tava hospedado, colocou outra coisa no lugar com o mesmo nome, sei lá... Mas o que tava aparecendo aqui, não era o que eu tinha achado divertido. Tudo bem, nem era tão bom assim. Fiquei até pensando, que exagero meu aquele tamanhão. Enfim...

(refresh: 15 de setembro)

11:55 PM


 
E pra quem achou que eu ia deixar passar em branco esse dia (de comemoração) tão especial para a História (já entrou nos livros didáticos!), um olhar sobre a baixaria que é a briga...

Respectivamente, setembro de 2000, e setembro de 2001.

O símbolo vira pó. Toneladas de concreto e gente.





A pergunta no ar é:

"Quem teve a manha????"

"Olha, é meio complicado..."






Bom, a união realmente provou sua força...


Máquinas de fazer cadáver, fazem cadáveres...





É o feitiço virando-se contra o feitiçero.



O ruim mesmo, é que não acabou aí. A história prossegue. A paisagem não tem preço, essa sede de vingança vai longe...


Um dia da caça outro do caçador.
E nenhuma vontade de pensar no assunto. Deixemos para a aula de teoria da mídia, ou futurologia...




Seleção de fotos e frases fraquíssimas. Daquelas de quem não se no se mexe até Porto, nem fuden...
Cada um colhe o que planta. Boa sorte com as sementes.



Não estarei no próximo Fórum. Vai ser uma pena não discutir política com aquela bolachada linda, gringa e divertida. Tipo Rocío, sabe? Uma argentina qualquer que vai parar na sua casa...



10:42 PM


 
This page is powered by Blogger.